PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em busca do ouro em Tóquio, Seleções Brasileiras de futebol mantêm escrita de mais de 45 anos

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

28/07/2021 16h52

O Brasil está garantido nas quartas de final dos torneios masculino e feminino de futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, mantendo uma escrita de mais de 45 anos. A última vez que uma Seleção Brasileira não passou da primeira fase em uma Olimpíada foi em Munique, em 1972.

No futebol masculino, a sequência contempla 12 Jogos Olímpicos, para os quais a Seleção não se classificou em apenas três (1980, 1992 e 2004). Nas nove participações do Brasil, foram seis pódios, com uma medalha de ouro, três medalhas de prata e uma medalha de bronze.

No futebol feminino, a sequência é ainda mais regular. O torneio só começou a fazer parte dos Jogos em 1996 e, desde então, o Brasil sempre marcou presença. Em todas elas, a Seleção Brasileira garantiu vaga na segunda fase.

No futebol, o Brasil é o país com mais presenças no pódio, somando as duas modalidades: são oito ao todo. É do Brasil a jogadora com mais gols na história dos Jogos Olímpicos: Cristiane, com 14. E também veste a Amarelinha a jogadora com mais participações olímpicas no futebol: Formiga, que está em seu sétimo torneio.

Jogos Olímpicos de Tóquio

Até o momento, de acordo com os dados do Footstats, a relação é muito parecida. Enquanto a equipe masculina marcou sete gols, a feminina marcou nove. Em gols sofridos, são três para cada lado. Em finalizações, são 17 para os jogadores e 17,3 para as atletas.

Para seguir escrevendo essa história, o Brasil entra em campo para dois grandes jogos pelas quartas de final da Olimpíada de Tóquio 2020. Na sexta-feira, às 5 horas (horário de Brasília), a Seleção Feminina enfrenta o Canadá. No dia seguinte, às 7 horas, a Seleção Masculina disputa contra o Egito.

Futebol