PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rueda diz que Marinho receberá "punição interna" do Santos por atitude ao ser substituído

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

15/04/2021 20h59

A atitude de Marinho ao ser substituído na partida contra o San Lorenzo não passará batida. Nesta quinta-feira, o presidente do Santos, Andres Rueda, revelou que o atacante receberá uma "punição interna" do clube.

Ao deixar o campo e dar lugar a Lucas Braga, Marinho não escondeu a irritação e passou reto por Ariel Holan, não cumprimentando o treinador. Após o jogo, o atacante utilizou o seu Instagram para se desculpar.

"Com certeza (será punido). Essa história do Marinho tem um lado ruim, porque ele realmente não foi cordial na sua ação, não é isso que a gente espera de um jogador. Agora, um lado bom é que mostra garra e a união que existe dentro do elenco, o pessoal faz questão de jogar, fica irritado quando sai, mas isso não justifica a atitude dele", afirmou Rueda à Espn.

"No momento em que entrou no vestiário, já tomou o cuidado de pedir desculpas ao elenco, abraçou o treinador. As desculpas foram aceitas, mas o clube não pode permitir esse tipo de coisa, até como um exemplo. Ele vai ter uma punição interna, que é uma questão do clube com ele. Com certeza, isso não vai se repetir", completou.

Rueda optou por não dar detalhes sobre a natureza da punição que Marinho receberá, destacando a boa relação que há entre os jogadores e a cúpula diretiva.

"É uma punição interna. Se é financeira, reprimenda, advertência, esse tipo de coisa é interna do clube, entre quatro paredes. A relação entre jogadores e diretoria é muito transparente, franca. Esse tipo de coisa a gente prefere resolver dentro de casa. Não vai ficar simplesmente por isso, uma medida tem que ser tomada até para que sirva de exemplo. Muitas vezes, no calor do jogo, a gente tem que contar até três e pensar um pouquinho", finalizou Rueda.

Futebol