PUBLICIDADE
Topo

Futebol

MPSP aprova protocolo de retomada do Paulistão e envia ofício ao Governo de São Paulo

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

08/04/2021 22h46

O Paulistão está perto de ser retomado. Nesta quinta-feira, o Ministério Público de São Paulo enviou um ofício ao governador João Doria informando sobre a manifestação do coordenador do Grupo Trabalho de Enfrentamento à Covid-19 do MPSP sobre o protocolo de retomada das atividades de futebol da Série A1 do Campeonato Paulista, que foi apresentado pela Federação Paulista de Futebol.

O comunicado foi emitido pelo procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, que entende tratar-se de "um avanço positivo diante do contexto que se revelava quando da edição do Decreto de 11 de março", que estabeleceu a fase emergencial em todo o Estado.

Ainda segundo o procurador, o novo protocolo da FPF foi discutido em diversas reuniões realizadas nas últimas semanas com representantes da Procuradoria-Geral de Justiça e do Comitê de Crise da Covid-19.

O Paulistão está paralisado desde o dia 15 de março, depois de ser decretada a Fase Emergencial do plano contra o avanço da covid-19 no Estado se São Paulo. A princípio, o torneio ficaria suspenso até o dia 30 de março, mas o prazo foi estendido até 11 de abril.

A Federação Paulista até tentou contar a situação para que o campeonato continuasse neste período. Mas o máximo que a entidade conseguiu foi levar dois jogos para o Rio de Janeiro (Corinthians x Mirassol e Palmeiras x São Bento).

Confira a nota do MPSP na íntegra:

Nesta quinta-feira (8/4), o procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, encaminhou ofício ao governador João Doria, informando sobre a manifestação do coordenador do Grupo Trabalho de Enfrentamento à Covid-9 do MPSP sobre o protocolo de retomada das atividades de futebol da série A1 do Campeonato Paulista, que foi apresentado pela Federação Paulista de Futebol. Sarrubbo anotou tratar-se de "um avanço positivo diante do contexto que se revelava quando da edição do Decreto de 11 de março", que estabeleceu a fase emergencial em todo o Estado.

O novo protocolo da FPF, discutido com representantes da Procuradoria-Geral de Justiça e do grupo de trabalho, é "produto de diálogo estabelecido entre esta Instituição e a Federação Paulista de Futebol, em várias reuniões realizadas durante as últimas semanas". 

Futebol