PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rollo diz que Santos vai à Fifa por "calote" do Boavista

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

22/10/2020 06h30

O presidente Orlando Rollo disse que o Santos vai à Fifa por um "calote" do Boavista, de Portugal, na preferência do zagueiro Luiz Felipe.

O Boavista comprou Jackson Porozo por 500 mil euros (R$ 3,3 mi, na cotação atual). De acordo com a Gazeta Esportiva, porém, o presidente afastado José Carlos Peres negociou com os portugueses para receber o valor por meio de cláusula de preferência de Luiz como forma de agilizar a transação. Porozo teve covid-19 e dificuldade pelo visto de trabalho.

O presidente em exercício e o departamento jurídico analisam a situação. O fato é que o Boavista ainda não pagou.

"É uma negociação feita pelo presidente afastado que previa pagamento de 500 mil euros no início de setembro e pagamento não foi realizado. Santos contava para dar de entrada ao Hamburgo. Eu acionei nosso departamento jurídico e pedi cobrança diária. Quando vi que não estavam respondendo, procurei diretamente o presidente (do Boavista). E senti que havia grande possibilidade de calote internacional. Então pedi o empréstimo ao Andrés Rueda humildemente (de mais 500 mil euros para pagar o Hamburgo). E pedi para o jurídico entrar na Fifa para recebermos esse pagamento", disse Orlando Rollo, em entrevista para jornalistas presentes na reunião do Conselho Deliberativo na última quarta-feira, na Vila Belmiro.

"É uma ação. Salvo engano, depois confirmo, mas a data era 2 de setembro. E demos início aos procedimentos judiciais no tribunal da Fifa. Isso aí está sob análise. Não tenho condições de falar. Pedimos auditoria em todos os contratos, a maioria nebulosos. Como está sob análise do jurídico, não posso passar essa informação. Mas isso será informado de forma transparente", completou o presidente.

Rollo também falou sobre um "Portal da Transparência" de verdade em breve. O atual, elaborado na gestão de Peres, está fora do ar.

"Gostaria de salientar que na próxima semana vai entrar o Portal da Transparência. Portal verdadeiro, não é para inglês ver. Não é um portal que se entra e só aparece o Estatuto. Vai ter um portal de verdade. Todas as informações poderão ser buscadas lá", concluiu.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol