PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pezzolano, sobre mudanças na escalação Cruzeiro: "Achamos melhor trocar"

Paulo Pezzolano comanda o Cruzeiro diante do Vila Nova, pela Série B - Thomas Santos/Cruzeiro
Paulo Pezzolano comanda o Cruzeiro diante do Vila Nova, pela Série B Imagem: Thomas Santos/Cruzeiro

Lohanna Lima

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte, MG

02/07/2022 00h40

Classificação e Jogos

A escalação do Cruzeiro para o jogo contra o Vila Nova, ontem (1), surpreendeu. Com o intuito de prevenir lesões, o técnico Paulo Pezzolano precisou poupar dois jogadores que são peças importantes no time: o volante Willian Oliveira e o zagueiro e capitão Eduardo Brock. Apesar das alterações em peças fundamentais para a equipe, o Cruzeiro manteve a mesma intensidade e venceu a partida por 2 a 0, com gols de Wagner - substituto de Brock na noite - e Luvannor.

Após a partida, Pezzolano ressaltou que o modelo de jogo implementado pela comissão técnica já foi compreendido por todos os atletas do grupo, independentemente de serem titulares ou não, e que por isso as coisas funcionaram tão bem contra os goianos.

"Está dentro do modelo de jogo [o time se manter intenso mesmo com trocas]. Se amanhã a gente tivesse que jogar, jogaria quem está melhor. Tem que pressionar alto ter intensidade. Esse é o nosso modelo de jogo. É o que eles gostam também. Há momentos em que o time está afogado em campo, mas vão para cima. Porque eles sabem que o adversário é que tem que estar mais afogado. Assim trabalhamos. Isso não vai mudar. Brock e Willian estavam muito cansados. Eles tinham condições de jogar, mas achamos melhor trocar os dois para esse jogo".

Disparado na liderança, o Cruzeiro soma 37 pontos. O time abriu 16 pontos de vantagem para o quinto colocado, o Sport, que entra em campo hoje (2), contra o Vasco, no Maracanã. Além da equipe pernambucana, Criciúma e Tombense seguem próximos do G4.
Jogando em casa, o time é o único da Série B com 100% de aproveitamento. São oito jogos e oito vitórias em Belo Horizonte. Além disso, a equipe tomou apenas um gol como mandante em toda a competição.

Futebol