PUBLICIDADE
Topo

Santos

Após sondagens e inatividade, John tem dura missão em clássico pelo Santos

John, goleiro do Santos - Ivan Storti/Santos FC
John, goleiro do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

25/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

John será titular do Santos no momento mais difícil da temporada. O goleiro reserva substituirá João Paulo contra o Corinthians, hoje (25), às 19h, na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

John entra "na fogueira" por causa do terceiro cartão amarelo do capitão do time. A missão será fechar a meta santista depois da goleada sofrida por do 4 a 0 para o próprio Corinthians, na última quarta-feira (22), também na Arena de Itaquera, pela ida das oitavas da Copa do Brasil. O Peixe levou pelo menos um gol nos últimos oito jogos.

Titular novamente, John tem a chance de se mostrar ao mercado da bola. O goleiro de 26 anos recebeu sondagens recentes do Brasil e do exterior. Propostas devem pintar na reabertura da janela internacional de transferências, a partir de 18 de julho.

John disputará apenas a sua segunda partida em 2022. Anteriormente, ele atuou na vitória por 1 a 0 sobre a Universidad Católica (EQU), na Sul-Americana. Na ocasião, o goleiro foi pouco exigido e teve apenas uma intervenção importante.

John era titular até sofrer uma lesão no joelho em junho de 2021, em vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, na Vila Belmiro, pelo Brasileiro. O departamento médico errou o diagnóstico após início de tratamento conservador e a cirurgia foi realizada apenas em agosto.

Já neste ano, os novos membros do corpo médico do Santos fizeram uma investigação complementar após John relatar dor no joelho e perceberam uma inflamação na cicatriz. Um novo procedimento foi realizado no local.

Durante essa "odisseia", John viu João Paulo se firmar e virar o capitão do Peixe. Antes, os dois disputavam palmo a palmo pela titularidade. Agora, bem fisicamente, o reserva tenta recuperar parte do tempo perdido.

Além de João Paulo, o Santos não contará com Vinicius Zanocelo, também suspenso, e Madson, que se recupera de lesão na coxa. O técnico Fabián Bustos está pressionado no cargo e pode ser demitido em caso de nova derrota para o rival.

Santos