PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reforço do City e ex-Real: quem é o atacante do River que marcou 6 gols

Julián Álvarez, do River Plate, comemora um de seus seis gols contra o Alianza Lima pela Copa Libertadores - JUAN MABROMATA / AFP
Julián Álvarez, do River Plate, comemora um de seus seis gols contra o Alianza Lima pela Copa Libertadores Imagem: JUAN MABROMATA / AFP

Do UOL, em São Paulo

26/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

Desconhecido de muitos no Brasil, o argentino Julián Álvarez fez história ao igualar o recorde de gols marcados em uma partida de Libertadores na noite de ontem (25). Álvarez fez seis dos oito gols do River Plate sobre o Alianza Lima.

Com a quantidade de vezes que balançou as redes no último confronto, o atacante assumiu a vice-artilharia da Copa Libertadores, atrás apenas de Rafael Navarro, do Palmeiras, que deixou sua marca em sete oportunidades.

Apesar de estar fazendo história no River, o atacante já está com data marcada para deixar o clube. Julián já é jogador do Manchester City e vai se apresentar a equipe inglesa em julho.

Mas a trajetória do argentino vai muito além do que o futebol sul-americano acompanha nos últimos meses. O UOL Esporte detalhou parte da carreira do ponta. Confira abaixo:

Passagem pelo Real Madrid

Álvarez nasceu em janeiro de 2000 em Calchín, pequena cidade de Córdoba (ARG), com menos de 2.500 habitantes.

O atacante começou a carreira com apenas 11 anos, se mudando para a Espanha para jogar pelo Real Madrid. Apesar de estar em um dos principais clubes do mundo, o jogador sentia muito a falta da família e decidiu voltar para sua terra natal.

Depois de regressar à Calchín, Julián voltou a jogar futebol pelo seu clube de origem. Foi assim que ele chegou ao Boca e ao Argentinos Juniors. Mas, assim como na Espanha, o atacante não gostava de ficar sozinho e também decidiu voltar para sua cidade.

River Plate

Em 2015, Álvarez fez um teste no River Plate e começou no clube em janeiro de 2016. O que o motivou a permanecer foi o fato de ser seu time do coração.

"Sou torcedor do River e isso me deu forças para ir e ficar na pensão do clube. Ainda sinto falta da cidade e da minha família, mas eles vêm muito a Buenos Aires para me ver, então estou feliz", disse Alvarez, em 2018.

Pelos Millonarios, Julián começou participando das categorias de base do clube e foi promovido para a equipe principal do River Plate sob o comando de Marcelo Gallardo durante a temporada 2018, fazendo sua estreia no dia 27 de outubro, no jogo contra Aldosivi da Campeonato Argentino. Já seu primeiro gol foi no dia 17 de março 2019, na vitória por 3 a 0 sobre o Independiente.

Em de dezembro de 2021, Júlian foi eleito Rei da América pelo jornal El País, desbancando Gabigol e Gustavo Gómez.

Com o clube argentino, o atacante conquistou uma Copa Libertadores (2018), uma Recopa Sul-Americana (2019) e um Campeonato Argentino (2021)

Ao entrar para a história da Libertadores na noite de ontem, ele também se tornou o primeiro jogador a marcar seis gols em um único jogo com a camisa do River Plate.

Seleção

Em 2018, Álvarez acompanhou a seleção argentina na Copa do Mundo da Rússia como 'sparring' —jogadores das categorias de base que treinam com a equipe principal.

"Gostei muito da experiência de estar perto dos jogadores da seleção principal. Foi muito forte ficar perto de Messi, ele é o melhor de todos. É impressionante vê-lo treinando e ver o que ele faz com a bola", disse na época.

Já no ano passado, Julián estava no elenco que venceu o Brasil na final da Copa América e conquistou o título da competição em pleno Maracanã.

Além disso, também participou das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Qatar.

Partiu, Inglaterra!

Em janeiro deste ano, o Manchester City anunciou que havia fechado negócio para a contratação de Álvarez. O clube inglês publicou comunicado no seu site em que informava que o argentino assinou um contrato de cinco anos e meio.

Segundo informações da mídia internacional, os valores giram em torno de 18 milhões de euros (R$ 111 milhões, na cotação da época).

Futebol