PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Monitorado pelo Inter, Tchê Tchê dificilmente seguirá no Atlético-MG

Tchê Tchê conduz a bola no jogo entre Atlético-GO e Atlético-MG pelo Brasileirão - Heber Gomes/AGIF
Tchê Tchê conduz a bola no jogo entre Atlético-GO e Atlético-MG pelo Brasileirão Imagem: Heber Gomes/AGIF

Bruuno Carvalho, Lohanna Lima, Marinho Saldanha e Victor Martins

De Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre

21/01/2022 04h00

Com contrato de empréstimo até o próximo mês de maio, o volante Tchê Tchê dificilmente seguirá no Atlético-MG. O jogador, que pertence ao São Paulo, desperta o interesse de outros clubes, entre eles o Internacional. Contratado pelo Galo a pedido de Cuca, Tchê Tchê começou sua passagem como titular da equipe, mas ao longo da temporada perdeu a posição para Jair.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Alético dificilmente exercerá o direito de compra do jogador ao fim do contrato de empréstimo firmado com o Tricolor. O Galo já acertou um pré-contrato com o também volante Otávio, que defende o Bordeaux, da França. O vínculo do jogador com o clube francês vai até junho deste que ano, que é quando ele se apresenta na Cidade do Galo.

Tchê Tchê tem contrato com o São Paulo até março de 2023, mas o retorno para o Tricolor também é improvável. Isso porque o atleta demonstrou, publicamente, um incômodo com a postura da diretoria são- paulina no episódio envolvendo o jogador e o técnico Fernando Diniz, o que não caiu bem na cúpula do clube.

Interesse do Inter

O Internacional não chegou a fazer uma oferta oficial por Tchê Tchê. Porém, o jogador é bem avaliado nos bastidores do clube. Houve, inclusive, segundo apurou o UOL Esporte, uma consulta sobre a situação dele e que não avançou.

O desejo não teve qualquer relação com a chance de negociar Edenilson com Atlético-MG. Mesmo que permaneça com o meio-campista de 32 anos — tendência neste momento por não ser contemplado nas ofertas apresentadas até agora — o Colorado mira a chegada de mais um volante.

Além de Liziero, emprestado pelo São Paulo, o técnico Alexander Medina conta com Rodrigo Dourado, Johnny e Rodrigo Lindoso para a função. Edenilson foi utilizado aberto pela direita na temporada passada.

Tanto que o clube de Porto Alegre observa a situação de Gustavo Assunção, emprestado pelo Famalicão, de Portugal, ao Galatasaray, da Turquia, e pode investir para chegada dele caso o vínculo seja rompido. Recentemente os gaúchos tentaram, também, a chegada de Flávio, que defende o Giresunspor, da Turquia, emprestado pelo Trabzonspor, do mesmo país.

Uma nova aproximação a Tchê Tchê não pode ser descartada, mas não está em pauta no momento.

Futebol