PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Zenit empata com brilho de brasileiros, e Chelsea avança só em 2º do grupo

Mason Mount e Claudinho disputam lance em Zenit x Chelsea pela Liga dos Campeões - Olga Maltseva/AFP
Mason Mount e Claudinho disputam lance em Zenit x Chelsea pela Liga dos Campeões Imagem: Olga Maltseva/AFP

Do UOL, em São Paulo

08/12/2021 16h40

Classificação e Jogos

O Zenit contou com um show brasileiro e um golaço nos acréscimos para empatar com o Chelsea por 3 a 3 nesta quarta-feira (8), na Rússia, pela Liga dos Campeões, e impedir o time inglês de terminar com a primeira colocação do grupo H.

Já classificado, o atual campeão europeu entrou com um time misto e saiu na frente com Werner, mas tomou a virada com gols de Claudinho e do iraniano Azmoun. O lateral Douglas Santos e o atacante Malcom também brilharam com belas assistências. Lukaku e Werner viraram o jogo no segundo tempo, mas Ozdoev empatou de novo aos 49 minutos.

O resultado deixou o Chelsea com 13 pontos, contra 15 da Juventus, que venceu o lanterna Malmö no outro jogo da chave. Já o Zenit terminou com cinco pontos, na terceira colocação, e vai jogar a Liga Europa.

Agora, o Chelsea ficará no pote 2 do sorteio da próxima segunda-feira (13) e pode pegar outros pesos pesados, como Real Madrid e Bayern de Munique, já nas oitavas de final, que serão disputadas em fevereiro de 2022. Já a Juve, vencedora do grupo, estará no pote 1.

O jogo

O Chelsea saiu na frente logo aos 3 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio da esquerda, a bola passou por todo mundo na área e encontrou Werner, que só precisou completar para o gol, quase em cima da linha.

Com um time repleto de reservas e improvisações — como o volante Saúl na ala esquerda e o lateral James no meio-campo —, o Chelsea foi aos poucos cedendo terreno ao Zenit. Malcom teve grande chance de empatar após receber de Claudinho e sair na cara do gol, mas bateu mal e parou no goleiro Kepa.

Werner - Olga Maltseva/AFP - Olga Maltseva/AFP
Werner fez dois gols e deu uma assistência, mas não foi suficiente para o Chelsea vencer
Imagem: Olga Maltseva/AFP

Até que, em cinco minutos, o time russo empatou e virou. Aos 38, Douglas Santos levantou da esquerda e Claudinho escapou livre por trás da zaga do Chelsea para completar de cabeça para as redes. E aos 42, Malcom deu passe perfeito para Azmoun, que driblou Kepa e tocou para o gol.

O Chelsea melhorou na segunda etapa e empatou aos 17 minutos. Werner fez grande jogada, tabelou com Mount e deixou Lukaku na boa, sem goleiro, para deixar tudo igual novamente.

Já com mais titulares em campo, os ingleses pressionaram até a virada chegar aos 40 minutos: Pulisic tabelou com Ziyech e encontrou Werner, que finalizou forte. Mas aos 49, Ozdoev acertou um chute fantástico no ângulo para decretar o placar final: 3 a 3.