PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras não dá prazo, mas tem expectativa de resposta rápida de Abel

O técnico Abel Ferreira conversa com o diretor de Futebol do Palmeiras, Anderson Barros - Cesar Greco
O técnico Abel Ferreira conversa com o diretor de Futebol do Palmeiras, Anderson Barros Imagem: Cesar Greco

Diego Iwata Lima

De São Paulo

08/12/2021 04h00

Classificação e Jogos

Abel Ferreira não tem um prazo final para dizer se aceita estender seu contrato com o Palmeiras até o fim de 2024, mediante um aumento salarial. Mas o Palmeiras espera receber uma resposta do treinador até o fim da próxima semana.

O clube entende que o descanso de Abel Ferreira é mais do que merecido, até por conta da intensidade de seus métodos de trabalho, e não pretende importuná-lo por uma resposta. O treinador chegou no início da semana a Portugal e deve deixar o trabalho de lado por pelo menos cinco dias, segundo disseram membros de seu estafe ao UOL.

Mas, ao mesmo tempo, o Alviverde gostaria de ter uma posição antes da semana do Natal, até para se preparar para o caso de uma eventual negativa. O Palmeiras tem nada menos que um Mundial de Clubes para disputar em fevereiro, como se sabe.

Por acreditar numa resposta positiva, hoje, o Palmeiras trabalha dando sequência ao planejamento que tinha para 2022, inclusive com o que foi desenhado e pedido pelo treinador. Abel, afinal, tem contrato até o fim do ano que vem.

A ideia é que o técnico receba, além do aumento, três a quatro reforços para algumas posições específicas. Um zagueiro, um meia, que pode também cair pelos lados, e um centroavante estão na pauta. Além, é claro, de um goleiro para ser reserva imediato de Weverton, que tem grandes chances de ser Marcelo Lomba.

Futebol