PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2021/2022

City vence o Everton por 3 a 0 e segue na briga pela liderança do Inglês

Jogadores do City celebram gol contra o Everton no Inglês - PAUL ELLIS / AFP
Jogadores do City celebram gol contra o Everton no Inglês Imagem: PAUL ELLIS / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/11/2021 12h53

Classificação e Jogos

Na manhã de hoje, o Manchester City venceu o Everton por 3 a 0, em partida que abre a 12ª rodada do Campeonato Inglês. Os gols do jogo foram marcados por Sterling, Rodri e Bernardo Silva.

O City foi superior durante todo o confronto e se mostrou efetivo no setor ofensivo, num jogo de ataque contra defesa. Os Citizens abriram o placar aos 43 minutos com Sterling. Na segunda etapa, o Manchester conseguiu ampliar a vantagem com Rodri, aos 9, e sacramentou a vitória com Bernardo Silva, aos 40.

Vale mencionar que Kevin de Bruyne foi desfalque na partida de hoje por ter testado positivo para a covid-19.

Com esse resultado, os comandados de Guardiola diminuem a distância para o líder Chelsea, com 26 pontos, e assume a vice-liderança da Premier League. Já a equipe de Benítez segue na 11ª colocação, com 15 pontos em 12 jogos, e está há seis jogos sem vencer - dois empates e quatro derrotas.

O Manchester volta a campo na próxima quarta-feira, 24, contra o PSG, às 17h (de Brasília), pela fase de grupos da Liga dos Campeões. Pelo Inglês, os Citizens pegam o West Ham no domingo, 28, às 11h (de Brasília). Já o Everton joga contra o Brentford, no mesmo dia e horário.

Início do City

A equipe de Manchester começou a partida impondo mais seu jogo e circulando pelo campo de ataque, chegando a ficar com boa parte de seus jogadores no setor ofensivo. Nos primeiros dez minutos, o City chegou duas vezes com perigo ao gol de Pickford.

Notícia ruim para os Toffees

Gray caiu no gramado sentindo dores e recebeu atendimento médico. O ponta-esquerda não conseguiu continuar na partida e Iwobi entrou no seu lugar, aos 15 minutos.

Homenagem a Aguero

A torcida do City fez uma homenagem e entoou o nome de Sergio Aguero, que sofreu um problema cardíaco recentemente e está se recuperando. Segundo a imprensa europeia, ele terá que se aposentar por conta disso.

Pressão dos Citizens

O City teve três ótimas chances de abrir o placar em sequência, com Bernardo Silva, Gundogan e Sterling. Pouco depois disso, o camisa 7 do Manchester foi derrubado na área, o árbitro marcou o pênalti, mas o VAR aconselhou a revisão e a penalidade foi anulada.

Depois de muitas tentativas, João Cancelo fez um lançamento espetacular e achou Sterling livre na área, que tocou de primeira para o fundo das redes. Placar aberto no Etihad Stadium.

Que isso, Rodri!

Já na segunda etapa, quando o jogo parecia estar mais equilibrado, o camisa 16 do City conseguiu ampliar a vantagem. Foden pegou velocidade pela esquerda, mas Keane cortou, e depois Allan tentou o passe para sair jogando. A bola sobrou para Rodri, que pegou de primeira e acertou um belo chute no ângulo.

Boas chances

Primeiro o Everton chegou bem no ataque, Iwobi deu bom passe para Coleman, que dominou e bateu na saída de Ederson, que fez a defesa. Depois, Sterling recebeu livre na área, mas o atacante se atrapalhou na hora de finalizar e a bola ficou com Pickford.

Vitória sacramentada

Gundogan fez boa jogada individual e abriu para Palmer. O atacante tentou o chute, que desviou no jogador do Everton e soou para Bernardo Silva. O camisa 20 tocou na saída de Pickford e fez o terceiro do City.

Cronologia

Os Citizens abriram o placar aos 43 minutos com Sterling. Na segunda etapa, o Manchester conseguiu ampliar a vantagem com Rodri, aos 9, e sacramentou a vitória com Bernardo Silva, aos 40.

FICHA TÉCNICA: MANCHESTER CITY 3x0 EVERTON

Motivo: Campeonato Inglês
Local: Etihad Stadium, em Manchester (Inglaterra)
Data e horário: 21 de novembro de 2021, às 11h (de Brasília)
Gols: Sterling (43' 1ºT), Rodri (9' 2ºT) e Bernardo Silva (40' 2ºT)
Cartões amarelos: Richarlison (EVE), Laporte (MCI)

MANCHESTER CITY: Ederson; Walker, Stones, Laporte (Aké) e Cancelo; Rodrigo, Güdogan e Bernardo Silva; Palmer (McAtee), Foden (Mahrez) e Sterling. Técnico: Pep Guardiola

EVERTON: Pickford; Coleman, Kean e Digne; Godfrey, Delph (Rondón), Allan (Onyango), Towsend, Gordon e Gray (Iwobi); Richarlison. Técnico: Rafa Benítez