PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Carrasco de Guardiola, Messi tem nova chance de "atormentar" ex-mentor

Em 2016, Messi fez três gols e deu uma assistência na vitória do Barcelona por 4 a 0 sobre o City de Guardiola - Matthew Ashton - AMA/Getty Images
Em 2016, Messi fez três gols e deu uma assistência na vitória do Barcelona por 4 a 0 sobre o City de Guardiola Imagem: Matthew Ashton - AMA/Getty Images

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

28/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

A união entre Lionel Messi e Pep Guardiola foi um dos casamentos mais frutíferos que o futebol já teve. Juntos, os dois conquistaram 14 títulos pelo Barcelona e marcaram era. Mas desde que o treinador deixou o clube catalão, não tem sido bom negócio para ele reencontrar o ex-pupilo. E os dois podem voltar a se enfrentar hoje, desta vez com o argentino em um novo clube, quando PSG e Manchester City se enfrentam pela Liga dos Campeões.

Em quatro jogos contra Guardiola até aqui, Messi fez nada menos que seis gols e deu duas assistências. O primeiro duelo entre eles já foi marcante: em 2015, pela semifinal da Champions, o então camisa 10 do Barça acabou com o jogo contra o Bayern, com uma assistência e dois gols — incluindo aquele famoso golaço em que entorta o zagueiro Boateng com um drible, mandando o alemão para o chão. Os espanhóis venceram por 3 a 0.

No jogo de volta da semi, o Bayern até venceu, mas foi eliminado. Os 3 a 2 do time de Guardiola foram inúteis, e essa foi a única partida em que Messi passou em branco. Os dois gols do Barcelona foram marcados por Neymar.

Já em 2016, pela fase de grupos da Champions, novos duelos, desta vez com Guardiola já no comando do Manchester City. E no Camp Nou, outro baile de Messi: três gols, uma assistência e goleada por 4 a 0. O City até venceu na partida em casa, por 3 a 1, mas de novo Messi deixou sua marca contra o ex-treinador, fazendo o gol de honra do Barça.

Messi Boateng - Vladimir Rys Photography/Getty Images - Vladimir Rys Photography/Getty Images
Boateng fica no chão após drible de Messi em jogo histórico na Champions League de 2015
Imagem: Vladimir Rys Photography/Getty Images

Hoje, pela primeira vez, Messi pode enfrentar Guardiola usando outra camisa. O agora camisa 30 ficou fora dos últimos dois jogos do PSG por causa de uma lesão no joelho, mas deve estar apto para voltar para o duelo pela Liga dos Campeões. Ontem, o treinador foi só elogios ao ex-comandado.

"Aquilo que o Messi fez na sua carreira é mais do que excepcional, e espero que ele jogue amanhã (hoje) para benefício do jogo. Foi uma surpresa para todos (a saída do Barcelona). Agora, todo mundo aceita. Há muito tempo, era inimaginável, mas aconteceu. Na vida você nunca sabe o que irá se passar. O importante é ele estar feliz em Paris", disse Pep.

A bola rola a partir das 16h, no Parque dos Príncipes.