PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio e Jean Pyerre esperam ofertas e negociação não é descartada

Lucas Uebel/Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

16/06/2021 04h00

Jean Pyerre, atualmente, não é titular do Grêmio, mas segue sendo assunto. Em baixa, o meia-atacante foi pivô de episódio de grande repercussão nas redes sociais na terça-feira (15). Segundo o jornalista Vagner Martins, da Rádio Bandeirantes de Porto Alegre, o camisa 88 pediu para deixar o clube gaúcho. Diretoria, estafe do atleta e o próprio por meio de vídeo nas redes sociais negam com veemência. De acordo com apuração do UOL Esporte, não houve pedido formal e nem conversa sobre o tema entre Jean Pyerre e comissão técnica. Mas, nos bastidores, os dois lados sabem que o futuro do atleta pode ser mesmo longe da Arena do Grêmio.

A cúpula do Tricolor e o estafe de Jean Pyerre admitem a chance de transferência na próxima janela europeia. Mediante boa proposta para os dois lados. No momento, as partes garantem que não há oferta nem sinalização de proposta.

O Grêmio, recentemente, viu o Vancouver Whitecaps, do Canadá, demonstrar interesse. A oferta agradou ao jogador, mas não avançou por desacordo entre os clubes. Nem sequer houve segunda rodada de conversa entre as partes.

A avaliação atual é que Jean Pyerre ainda faz parte dos planos de Tiago Nunes, mas o desempenho recente não é bom. O meia-atacante tem realizado trabalhos físicos adicionais e mostrou evolução em vários atributos. O próprio treinador, com quem o meia trabalhou nas categorias de base, teve mais de uma conversa individual sobre planos para o futuro.

Jean Pyerre ainda acalenta o sonho de ser convocado para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A chance, no entanto, é bem pequena. André Jardine deve chamar 18 atletas e, além do número pequeno na delegação, o momento do camisa 88 do Grêmio não empolga.

Até aqui, Jean Pyerre participou de 13 dos 30 jogos do Grêmio na temporada. Recentemente, ganhou novas chances no time titular e não conseguiu engatar sequência.

A iminente estreia de Douglas Costa, em princípio, não atrapalha a situação do camisa 88. O ex-jogador da Juventus e Bayern de Munique deve ser escalado pelo lado do campo e não em função centralizada, onde atua Jean Pyerre.

O Grêmio detém 60% dos direitos econômicos de Jean Pyerre. O contrato entre o meia-atacante e o clube gaúcho vai até o final de 2023, com multa rescisória de 120 milhões de euros (cerca de R$ 731,7 milhões na cotação atual).

Futebol