PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras saca Empereur de jogos por clásula, mas ainda quer a contratação

Alan Empereur, do Palmeiras, participa de treino no CT do San Lorenzo, em Buenos Aires - Cesar Greco
Alan Empereur, do Palmeiras, participa de treino no CT do San Lorenzo, em Buenos Aires Imagem: Cesar Greco

Diego Iwata Lima

De São Paulo

07/06/2021 13h12

Classificação e Jogos

O Palmeiras não deve mais usar o zagueiro Alan Empereur, que vinha jogando no clube sob empréstimo, até que consiga contratá-lo em definitivo junto ao Hellas Verona.

No acordo entre os clubes, havia uma cláusula determinando a obrigatoriedade da contratação do jogador, caso ele atingisse um patamar de 60% de participação nas partidas entre novembro e o fim de junho, quando se encerra seu vínculo. O número não foi e nem seria atingido, mesmo que ele jogasse todas as partidas até o fim do mês.

O clube, entretanto, quer contar com o zagueiro, mas entende que os termos e valores anteriores não possam mais ser aplicados. Assim, para que ele não chegue a seis partidas pelo Palmeiras, o que o impediria de atuar por outro clube neste Brasileiro, Alan deve seguir fora das listas de convocações enquanto os clubes negociam.

Um outro empréstimo, no momento, não é visto como uma possibilidade viável por parte do clube italiano.

Na vitória sobre a Chapecoense, Alan não foi relacionado, e constou na lista de desfalques como "poupado'. Na entrevista coletiva após o jogo, o técnico Abel Ferreira deu pistas de que a questão não era física ou técnica, quando disse "a situação do Empereur, vamos ver como vai ficar".

Alan jogou em 26 dos 62 jogos do time desde que chegou ao clube.

Futebol