PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diego Souza valoriza paciência do Grêmio em virada diante do Inter

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

16/05/2021 18h20

Classificação e Jogos

O Grêmio venceu o Internacional, pelo placar de 2 a 1, com dois gols de bola aérea e uma grande dose de paciência. O ingrediente anímico foi citado por Diego Souza, logo depois do apito final do Gre-Nal 431, válido pela primeira partida da final do Gauchão. O centroavante empatou o jogo na arrancada do segundo tempo e assistiu, de fora do gramado, a virada com cabeçada de Ricardinho.

Com o placar no estádio Beira-Rio, o Grêmio pode até empatar no domingo que vem (23) que fica com o título. O Inter precisa vencer por um gol de diferença para ir aos pênaltis.

"Jogo muito disputado. Um clássico é jogo de detalhe. A gente acabou levando um gol, mas tivemos paciência e tranquilidade para colocar as coisas no lugar. Tivemos até chance para fazer mais gols, eles tiveram oportunidade ali. Mas por tudo que fizemos, acho que merecemos a vitória", disse Diego Souza ao Premiere, na saída de campo.

O Grêmio terminou o primeiro tempo com derrota, gol de Thiago Galhardo. Pior que o placar, foi o desempenho do time. Sem criatividade, a equipe ficou longe do gol de Marcelo Lomba. A melhor chance foi de Matheus Henrique, segundos antes do intervalo, mas o volante desperdiçou ao finalizar em cima do goleiro do Inter.

Na etapa final, o Grêmio se jogou para cima do Internacional. Começou a explorar melhor os lados do campo e empatou cedo. Aos 12, Lucas Silva cobrou falta da intermediária e Diego Souza saltou mais alto que todo mundo para fazer 1 a 1. Aos 42, Léo Pereira cruzou curto para o centro da área e Ricardinho venceu a disputa com Lucas Ribeiro para marcar 2 a 1.

Futebol