PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Final da Copa do Nordeste termina em briga no campo; Ceará ignora medalhas

Final da Copa do Nordeste termina em briga entre jogadores de Bahia e Ceará - DANIEL GALBER/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Final da Copa do Nordeste termina em briga entre jogadores de Bahia e Ceará Imagem: DANIEL GALBER/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

08/05/2021 18h41Atualizada em 08/05/2021 20h40

Classificação e Jogos

Uma confusão generalizada entre jogadores do Ceará e do Bahia tomou conta da Arena Castelão, no Ceará, após a conquista do título da Copa do Nordeste pela equipe de Salvador, hoje (8). O colombiano Stiven Mendonza e o atacante Jael iniciaram a briga e foram apartados por membros da comissão técnica.

Imagens do momento da confusão registradas pelo Nordeste FC mostraram os jogadores do Bahia comemorando aos gritos o triunfo da equipe. Pouco depois, os atletas do Ceará avançaram em sua direação para tirar satisfação com os rivais.

De acordo com relatos da transmissão, jogadores chegaram a pegar cadeiras para agredir outros, e havia pessoas estiradas no gramado do Castelão. A confusão se estendeu por muitos minutos.

Depois, na hora da cerimônia de premiação, os jogadores do Ceará não voltaram ao campo para receber a medalha de vice-campeão.

"Ouvimos comentários de repórteres falando que o Bahia era freguês, foi algo que nos deixou engasgado contra o Ceará. Tenho amigos dentro clube, que respeito muito. Ano passada eles foram campeões e fizeram de tudo em Salvador, deixamos à vontade. Neste ano, porque comemoramos do nosso jeito aconteceu isso. O futebol não deve ser assim", disse o atacante Gilberto, artilheiro da Copa do Nordeste.

"As pessoas precisam aceitar a derrota. Se não tivéssemos êxito hoje, não iríamos puxar confusão com ninguém, porque o Bahia não puxa confusão."

O Bahia se tornou o 17º campeão da Copa do Nordeste. A equipe venceu o Ceará nos pênaltis. No tempo normal, o jogo terminou em 2 a 1 para o Tricolor de Aço, que havia perdido o primeiro jogo por 1 a 0. Nas penalidades, o time levou a melhor por 4 a 2.

Essa foi a primeira derrota do Ceará nesta edição do Nordestão, encerrando uma sequência de 23 jogos.

Futebol