PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras perdeu 7 pênaltis nas disputas da Supercopa e Recopa

Ezequiel Unsain defende cobrança de Gustavo Gómez na final da Recopa - Buda Mendes/Getty Images
Ezequiel Unsain defende cobrança de Gustavo Gómez na final da Recopa Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/04/2021 01h07

Sete pênaltis desperdiçados em duas finais. É com esse saldo negativo que o Palmeiras se despede das decisões da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana. Nos dois torneios, o time de Abel Ferreira ficou com o vice.

Após o revés na decisão contra o Flamengo, nos pênaltis, o Palmeiras mais uma vez foi superado nas penalidades máximas na noite de quarta-feira (14), desta vez pelo Defensa y Justicia, após levar a virada no tempo regulamentar.

No último domingo (11), foram quatro cobranças desperdiçadas pelo Palmeiras na final contra o Fla. O time chegou a liderar a contagem por 3 a 1, mas acabou superada por 6 a 5 nas alternadas.

Na noite de quarta, em Brasília, a sorte não foi melhor para o Alviverde, que errou dois pênaltis na disputa e perdeu por 4 a 3 para os argentinos. Antes disso, na prorrogação, o zagueiro Gustavo Gómez falhou em cobrança que poderia ter dado o título ao clube.

A final da Recopa Sul-Americana foi marcada por cinco expulsões e confusão no estádio Mané Garrincha. Com a bola rolando, o Palmeiras saiu na frente com Raphael Veiga, mas acabou derrotado por 2 a 1 no tempo normal.

O Palmeiras volta a campo na sexta-feira (16) para o clássico contra o São Paulo, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

Palmeiras