PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Europeias

Sem poder se juntar à Holanda, Depay faz apelo a presidente da França

Depay em ação com a camisa da seleção holandesa - GettyImages
Depay em ação com a camisa da seleção holandesa Imagem: GettyImages

Do UOL, em São Paulo

19/03/2021 19h31

Classificação e Jogos

Com a decisão das equipes francesas de não liberar seus jogadores para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar fora da Europa, o holandês Memphis Depay, do Lyon, resolveu apelar até para que o presidente da França, Emmanuel Macron, interceda em seu favor.

"Governo francês, por favor, posso me juntar ao time da seleção holandesa na segunda? Isso seria justo, já que vocês abriram exceção para a seleção da França, que também viaja para jogar fora da Europa", escreveu, marcando os perfis oficiais de Macron e da UEFA no post.

Os times da Ligue 1 e da Ligue 2 vetaram a participação de seus atletas porque o governo francês exige uma quarentena no retorno ao país, o que desfalcaria as equipes por quase duas semanas. O governo, porém, abriu uma exceção para os atletas franceses, que jogam no Cazaquistão.

Algumas federações, como a do Senegal, reclamaram de discriminação. O país é um dos mais prejudicados, pois 12 dos 26 convocados por Cissé atuam na França.