PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro arranca empate com Uberlândia na estreia pelo Campeonato Mineiro

Cruzeiro saiu atrás, mas arrancou o empate já nos acréscimos da partida - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Cruzeiro saiu atrás, mas arrancou o empate já nos acréscimos da partida Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

27/02/2021 18h31

Classificação e Jogos

O Cruzeiro levou um susto, mas conseguiu ao menos um empate na estreia do Campeonato Mineiro de 2021. Fora de casa, a Raposa saiu atrás do marcador contra o Uberlândia, mas buscu o 1 a 1 já nos acréscimos do segundo tempo. O gol dos anfitriões foi marcado pelo atacante Reis, ex-atleta celeste. Cáceres deixou tudo igual.

O Cruzeiro teve maior controle sobre as ações durante os 90 minutos e finalizou mais de 20 vezes, iinclusive acertando a trave em três ocasiões. Apesar de não ter feito uma partida para encher os olhos, o empate acabou dando mais justiça ao placar.

Rafael Sóbis segue como referência do Cruzeiro

Autor da assistência para Cáceres, Rafael Sóbis (novo camisa 10) foi a principal referência no Cruzeiro. Sem se esconder, ele carimbou o travessão no primeiro tempo e perdeu uma chance clara no segundo, mas se redimiu com a assistência para o gol que evitou a derrota no primeiro jogo do estadual.

Alan Ruschel cochila em estreia

No lance que originou o gol do Uberlândia, o destaque negativo ficou para Alan Ruschel. O lateral reagiu tarde ao lançamento para Everton, saiu atrás na corrida e não conseguiu evitar o cruzamento na direção de Reis.

Cruzeiro assusta de fora, mas só fica no quase

Apesar do gol do Uberlândia e de alguns erros por parte da Raposa, o Cruzeiro foi ligeiramente melhor no primeiro tempo. Atacando mais, uma das armas celestes foi a velocidade de Felipe Augusto pelo lado esquerdo. Mas as melhores chances ocorreram em chutes de fora da área, muito por conta da postura fechada do Uberlândia. Em uma delas, Rafael Sóbis carimbou o travessão do goleiro Marcão.

Olha a lei do ex aí!

O Uberlândia começou o jogo fechadinho à procura de um contra-ataque, mas com poucas chances. Na melhor delas, acabou marcando praticamente sem querer. Everton recebeu pela direita e cruzou mal para dentro da área. A bola encontrou Reis, que também errou o chute, mas resvalou o suficiente na bola para matar o goleiro Fábio e abrir o placar. O torcedor do Cruzeiro pode não lembrar, mas o atacante passou pelo clube e foi campeão mineiro em 2011.

Empate veio nos acréscimos!

Na etapa final, o Cruzeiro continuou com mais presença ofensiva que o Uberlândia, mas pouco se ajudou em campo. O time seguiu atacando mais, mas o último passe não saía com qualidade. Em 20 minutos foram sete escanteios, quase todos sem perigo. Além disso, a primeira finalização ao gol na etapa final saiu somente aos 28 minutos, com Matheus Pereira (substituto de Alan Ruschel). Nos 15 minutos finais, o abafa rendeu outras boas oportunidades para empatar, mas a equipe parou na trave, nas boas defesas do goleiro Marcão ou nas chances desperdiçadas por Felipe Augusto e Rafael Sóbis. Quando tudo parecia perdido, Sóbis encontrou Cáceres na entrada da área, que fuzilou para o gol e garantiu o empate.

UBERLÂNDIA 1x1 CRUZEIRO

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro
Data/Hora: 27/02/2021, às 16h30
Local: Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli
Auxiliares: Felipe Alan Costa e Fernanda Nandrea

GOLS: Reis, 25'1ºT (1-0), Cáceres, 46'2ºT (1-1)
Cartões amarelos: Reis, Lucas Paranhos, Everton, Marcão, Luizinho (UBE), Manoel, Matheus Pereira (CRU)
Cartão vermelho: Não teve.

UBERLÂNDIA: Marcão; Everton, Maílson, Bruno Maia e Gilmar; Felipe Recife (Judson), Lucas Paranhos, Luizinho e Leonardo (Natan); Felipe Pará (Douglas Basílio) e Reis (Daniel). Técnico: Tuca Guimarães.

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Weverton, Manoel e Alan Ruschel (Matheus Pereira); Matheus Neris (Adriano), Matheus Barbosa (Claudinho) e Marcinho (Thiago); Felipe Augusto (Airton), Pottker e Rafael Sóbis. Técnico: Felipe Conceição.

Cruzeiro