PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"É impossível não sentir essa dor", diz Patrick após tropeço do Inter

Do UOL, em São Paulo

26/02/2021 00h00

O meio-campista Patrick, um dos principais jogadores e mais antigos jogadores do elenco do Internacional, representou bem a sensação colorada após perder a chance de conquistar o título do Campeonato Brasileiro e acabar com um jejum de 41 anos. Na entrevista oficial ao fim da partida, ele não evitou o choro e falou que é hora de "sentir a dor e se superar".

"É impossível não sentir essa dor, é inevitável que isso aconteça. Tem que sentir a dor e lamber a ferida", resumiu Patrick após o empate sem gols com o Corinthians, hoje (25), no Beira-Rio. O resultado deixou o Inter com o vice-campeonato nacional, com 70 pontos, um a menos que o campeão Flamengo.

"Faltou um gol, a gente estava esperando por esse momento há 41 anos. Estava tão perto. A gente podia ter conquistado essa vitória que era nosso dever de casa", comentou Patrick.

Para conquistar o título, o Inter precisava derrotar o Corinthians e torcer para o Flamengo não ganhar do São Paulo no Morumbi. O resultado do Rubro-Negro aconteceu -derrota por 2 a 1-, mas o Colorado não conseguiu fazer o seu papel de bater o Corinthians para sair campeão do Beira-Rio. "A gente vinha fazendo isso tão bem, tirando o jogo com o Sport, era uma crescente de vitórias. Só dependia da gente, lutamos de todas as formas, tivemos gols anulados e intervenções do VAR."

Com a derrota, Patrick ressaltou o trabalho realizado no Inter e disse que é o momento de superar e acreditar no que vem sendo bem feito. "Agora é levantar a cabeça. Acredito que o Inter, dentro de suas condições financeiras, está no caminho certo. Está construindo equipes competitivas para brigar por coisa grande. E que 2021 seja melhor."

Futebol