PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Felipão descarta vexame do Palmeiras no Mundial: 'Nada apaga Libertadores'

O técnico Luiz Felipe Scolari - Fernando Alves/AGIF
O técnico Luiz Felipe Scolari Imagem: Fernando Alves/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/02/2021 15h03

Classificação e Jogos

Treinador campeão da Copa Libertadores da América de 1999 com o Palmeiras, Luiz Felipe Scolari afirmou que o Palmeiras não deu vexame em sua participação no Mundial de Clubes. Na opinião do técnico, os dois jogos ruins do time na competição não podem apagar a temporada vitoriosa.

Felipão, que também foi derrotado quando comandou a equipe alviverde no Mundial - 1 a 0 contra o Manchester United - ressaltou que detalhes fazem a diferença em jogos eliminatórios e que eles não podem ser usados como régua para medir o desempenho do time.

"Foram dois jogos ruins. Isto não pode apagar o que foi conseguido no dia 30 de janeiro pelo Palmeiras. Há 21 anos o time não ganhava a Libertadores. Ganhou em 1999 e passou 21 anos atrás disso. Então, não pode usar dois jogos como balizador de uma campanha, (chamar de) vexatória, ruim. Não. A campanha do Palmeiras foi muito boa - ganhou a Libertadores", disse o treinador em entrevista à TNT Sports.

"Depois, teve dois jogos ruins - e jogos eliminatórios. Em jogos eliminatórios, detalhes fazem a diferença. Um gol que erra, o adversário marca. No detalhe se perde. Não acho que os torcedores palmeirenses devam olhar por esse prisma (de vexame). Foi lá, jogou, não foi bem, isso sim. Mas é campeão da Libertadores. Não apaga", completou.

Quarto lugar no Mundial

Campeão da Copa Libertadores da América, o Palmeiras enfrentou o Tigres, do México, na semifinal do Mundial de Clubes e foi derrotado por 1 a 0. Na disputa pelo terceiro lugar, a equipe alviverde empatou sem gols com o Al Ahly (EGI) e foi derrotada nos pênaltis por 3 a 2.

Palmeiras