PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sánchez revela desejo de se aposentar no Santos: 'Estou cômodo'

Carlos Sánchez comemora gol do Santos contra o Olímpia em jogo da Libertadores - NORBERTO DUARTE / POOL / AFP
Carlos Sánchez comemora gol do Santos contra o Olímpia em jogo da Libertadores Imagem: NORBERTO DUARTE / POOL / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/01/2021 21h37

Carlos Sánchez deu uma entrevista exclusiva para a Conmebol TV dias antes da decisão entre Palmeiras e Santos pela Libertadores da América. Fora dos gramados, por conta de lesão, o atleta uruguaio reforçou seu carinho pelo clube da Baixada Santista e cravou que pretende se aposentar em solos brasileiros.

"O clube é maravilhoso, a cidade é impressionante. Eu quero, tenho o desejo de ficar aqui, de me aposentar aqui, porque estou muito cômodo e espero que possa se coroar da melhor maneira, levantando a taça da Libertadores", disse ele.

Argumentando sobre a colocação, Sánchez deixou claro que vive um momento especial de ver seus companheiros na decisão, porém ainda sente uma leve tristeza de não estar em campo.

"Sim, em um momento especial. Eu, pessoalmente, fico triste. Não poder ajudar os companheiros, sempre joguei e hoje estou em um momento atípico. Quando começam os jogos eu fico chateado e triste. Mas, vejo seus amigos jogar e me vem a alegria", pontuou.

Sobre a participação do Santos na Libertadores, Carlos disse que, mesmo diante de tantas dúvidas, o elenco se manteve muito focado em seus objetivos.

"Antes de mais nada, desde o começo eu já via a equipe com muita ambição, na fase de grupos. Sempre buscou o objetivo, que era a classificação. Sempre se dedicou ao melhor e foi isso que fez a gente ser o primeiro do grupo. Apesar de termos muitos problemas, se superou tudo isso, sempre pensando em deixar tudo dentro de campo. Por isso que hoje pode desfrutar uma final", finalizou.

Futebol