PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Árbitro norueguês assume homossexualidade: 'Hora de dizer que sou gay'

O norueguês Tom Harald Hagen já apitou partidas da Liga dos Campeões, Eliminatórias da Copa e Liga Europa -  Ben Radford/Corbis via Getty Images
O norueguês Tom Harald Hagen já apitou partidas da Liga dos Campeões, Eliminatórias da Copa e Liga Europa Imagem: Ben Radford/Corbis via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/10/2020 13h53

O árbitro norueguês Tom Harald Hagen tomou uma atitude para a quebra de paradigmas e preconceitos no mundo do futebol. O juiz decidiu expor a sua orientação sexual após presenciar insultos homofóbicos enquanto apitava uma partida do Campeonato Norueguês entre Valerenga e Kristiansund, no último final de semana.

Em uma entrevista ao jornal "Glamdalen", Tom Harald declarou publicamente que é homossexual. "Chegou a hora de dizer que sou gay. Só coisas positivas virão disso. Para mim, sempre foi uma parte completamente natural da vida", disse Harald.

Tom Harald é considerado como um dos melhores árbitros da Noruega, já apitou partidas em importantes competições internacionais, como Liga dos Campeões, Liga Europa e Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo.

"É o cúmulo da ironia eu ter apitado aquela partida. Talvez o jogador tenha dito isso por capricho, isso pode acontecer no futebol. Mas realmente temos que nos livrar dessas coisas", declarou o árbitro.

Repercussão depois do anúncio

Após a declaração pública o árbitro recebeu uma série de mensagens de apoio nas redes sociais e da mídia local.

"Hoje é um dia especial no futebol norueguês. Um árbitro conhecido - Tom Harald Hagen se apresenta como gay. Estou muito orgulhoso dele e de todo o apoio que tantos lhe deram hoje. Este é um momento importante para um futebol mais inclusivo!", escreveu um internauta no Twitter.

Esse torcedor brasileiro destacou a capa do jornal norueguês, destinado ao árbitro.

Esporte