PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jogador é suspenso por seis jogos após homofobia em liga nos Estados Unidos

Junior Flemmings,  Phoenix Rising FC, foi punido por seis jogos após insultos homofóbicos - Getty Images
Junior Flemmings, Phoenix Rising FC, foi punido por seis jogos após insultos homofóbicos Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/10/2020 21h03

A USL Championship, equivalente à segunda divisão do futebol nos Estados Unidos, divulgou hoje a suspensão por seis jogos do jamaicano Junior Flemmings, do Phoenix Rising FC, após insultos homofóbicos na partida contra o San Diego Loyal, na quarta-feira passada. Além disso, o atleta recebeu uma multa em valor não revelado.

A decisão da USL foi tomada depois de uma investigação que teve entrevistas com 11 pessoas, incluindo jogadores, técnicos e árbitros.

O episódio aconteceu em partida no dia 30 de setembro, quando o meia Collin Martin alegou ter sido alvo de homofobia por Flemmings — o jogador é assumidamente gay. Landon Donovan, ex-capitão da seleção dos EUA e atual técnico do San Diego Loyal, retirou o time de campo após o incidente. A equipe vencia por 3 a 1 e tinha chances de classificação para o playoff.

Nesta terça-feira, o Phoenix Rising FC divulgou um comunicado dizendo que apoia a punição a Junior Flemmings. O clube pediu desculpas pelo caso e informou que o jogador permanecerá em licença até o fim do seu contrato, em 30 de novembro.

A equipe disse também que fornecerá "os recursos de que ele precisa para aprender e crescer com isso, para que se torne um modelo de mudança em nosso esporte."

Esporte