PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sávio revela quem foi o pior treinador que teve na carreira

Sávio pelo Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões de 2000 - Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images
Sávio pelo Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões de 2000 Imagem: Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2020 10h43

Ex-jogador com passagens de sucesso por Flamengo, Real Madrid e Real Zaragoza, Sávio declarou que o galês John Toschack foi o pior treinador que teve em toda a sua carreira. O técnico, que teve duas passagens pelo Real Madrid (a primeira entre 1989 e 1990) e trabalhou com o ex-atacante brasileiro em 1999.

Sávio recordou que, assim como seus companheiros, não gostava dos trabalhos diários do galês e que o treinador não acrescentava muito para o time.

"O pior (técnico da minha carreira)? Tive um que não gostei no Real Madrid. Que foi um galês, o (John) Toshack. Esse foi um trabalho muito ruim, não gostei. Foi o que eu menos gostei, vamos dizer assim. Eu não gostava do trabalho dele do dia a dia. Era um trabalho que, para mim, para o grupo, não acrescentava muita coisa. Os treinamentos, a maneira de trabalhar, de lidar com o grupo, taticamente dentro de campo, posicionamento. Por todos esses motivos, não achei o trabalho dele bom", disse em entrevista ao site da ESPN Brasil.

Real Madrid menos favorito na Liga dos Campeões

Na mesma entrevista, Sávio analisou as chances de título do atual Real Madrid na Liga dos Campeões - o time espanhol estreou com derrota em casa para o Shakhtar Donetsk (UCR). Para o ex-atacante, o clube merengue nunca pode ser desconsiderado por ser o maior campeão e ter um grande elenco, mas ele entende que outros times surgem com maior favoritismo na atual temporada.

"Quando a gente fala de Real Madrid, a camisa é forte, principalmente em Liga dos Campeões da Europa. É aquele time que vai chegando, que vai passando pelas etapas e, mesmo com dificuldades, vai crescendo nas fases finais. Mas, se a gente olhar hoje, apesar de ter ganhado o Campeonato Espanhol na última temporada, se pega o início da temporada, vai ser sempre favorito? Vai. Pelo poder e pela qualidade técnica dos jogadores", avaliou.

"Mas se pegar os dois, três, quatro principais clubes, a gente tem algumas dúvidas e muitos não vão colocar o Real Madrid como um dos principais favoritos a ganhar a Champions. É um grupo que já ganhou tudo. Todo esse grupo ou grande parte dele ganhou as quatro Champions. Eu não sei, acho que estamos vendo a nível europeu, Inglaterra principalmente, clubes que entram com certo favoritismo na Champions", completou.

Com a camisa do Real Madrid, Sávio conquistou uma vez o Campeonato Espanhol (2000-01), uma vez a Supercopa da Espanha (2001), uma vez a Supercopa Europeia (2002), três vezes a Liga dos Campeões da Europa (1997-98, 1999-00 e 2001-02), e uma vez a Copa Intercontinental (1998).

Esporte