PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Os cinco motivos que fazem o Corinthians crer em vitória contra o Flamengo

Diego e Gil disputam a bola na partida entre Corinthians e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro do ano passado - Alan Morici/AGIF
Diego e Gil disputam a bola na partida entre Corinthians e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro do ano passado Imagem: Alan Morici/AGIF

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/10/2020 04h00

O Corinthians encara o Flamengo hoje (18), às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, em situação bem distinta do rival, vice-líder da competição. O alvinegro paulista tenta fugir da parte de baixo da tabela. Mesmo assim, há razões para o corintiano acreditar na vitória contra os cariocas neste mesmo. O UOL Esporte numerou cinco motivos:

Estilo Vagner Mancini

O primeiro deles é o estilo do seu novo treinador, que costuma utilizar esquemas mais cautelosos e de resultados contra times em grande fase ou que contam com superioridade técnica. Em 2017, o próprio Corinthians sofreu com o esquema de Mancini. Na ocasião, o treinador comandava o Vitória que venceu o Timão em plena Arena, por 1 a 0, quebrando uma invencibilidade de cinco meses do time de Parque São Jorge.

Mais leve

O Corinthians está mais leve após vencer o Athletico-PR por 1 a 0, fora de casa, na última quarta-feira. O resultado acabou com um jejum de cinco jogos sem vitórias — período em que o elenco sofreu com críticas e protestos da torcida, além de entrar na zona de rebaixamento. Até o lateral Fagner revelou que sua família chorou após a vitória. O ambiente melhorou depois do resultado positivo e a confiança pode voltar definitivamente em caso de vitória hoje.

Reforços

O Corinthians está reforçado com os estrangeiros Cantillo e Otero, que defendiam as seleções de Colômbia e Venezuela, respectivamente, nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. Os dois podem ser titulares. Cantillo briga por posição com Ederson e Camacho, enquanto Otero deve ficar com a vaga de Ramiro, suspenso.

Goleiros

O corintiano não pode reclamar da posição. Além do ídolo Cássio, o Corinthians conta com o reserva Walter, que seria titular em muitos times da Série A do Campeonato Brasileiro. Aliás, após fechar o gol contra o Athletico-PR, Walter ameaça a vaga de titular de Cássio. Não será surpresa para ninguém caso Vagner Mancini inicie o confronto com o ídolo corintiano no banco de reservas.

Neo Química Arena

Apesar de não contar com o seu torcedor nas arquibancadas por conta da pandemia da Covid-19, o Corinthians sempre é mais forte e favorito na maioria dos jogos quando atua na Neo Química Arena. Caso o jogo fosse no Maracanã certamente o animo seria outro para o clássico das duas maiores torcidas do Brasil.

Futebol