PUBLICIDADE
Topo

Esporte

TV diz que Neymar falou frase homofóbica a rival; vídeo não confirma

Neymar discute com Álvaro González durante PSG x Olympique de Marselha - Gonzalo Fuentes/Reuters
Neymar discute com Álvaro González durante PSG x Olympique de Marselha Imagem: Gonzalo Fuentes/Reuters

Do UOL, em São Paulo

16/09/2020 11h07

Classificação e Jogos

Uma legenda colocada pela emissora espanhola Gol, após leitura labial, sugere que Neymar falou uma expressão homofóbica para retrucar Álvaro González durante a derrota por 1 a 0 do PSG para o Olympique de Marselha, no último domingo, pelo Campeonato Francês.

A legenda da TV espanhola afirma que Neymar disse "puta maricón" ('puta viado, em tradução livre). As imagens, porém, não deixam claro quais palavras o brasileiro usou na discussão.

Neymar acusa Álvaro González de ato racista. Segundo o brasileiro, o defensor se referiu a ele como "macaco FDP" durante o jogo. Um julgamento da Comissão Disciplinar será realizado hoje para definir a pena de Neymar e outros quatro expulsos no duelo.

Apesar de o vídeo não confirmar ofensa homofóbica de Neymar, as imagens com a legenda da TV espanhola circulam nas redes sociais, com repercussão em veículos de comunicação da França como a RMC. Não há informações se este vídeo será usado no julgamento de hoje.

Acusação de racismo

Para tomar a decisão em relação à acusação de Neymar contra Álvaro González, o Comitê Disciplinar ainda busca imagens nas quais fique clara a ofensa racista. O entendimento da liga francesa é que a acusação de Neymar precisa de provas.

O caso de racismo denunciado por Neymar não aparece nas imagens da transmissão oficial da partida na França, feita pelo canal Telefoot. A discussão com Álvaro acontece em parte dela com o espanhol de costas para as câmeras. O zagueiro do Marselha diz ser inocente, sendo retrucado por Neymar.

Em uma tentativa de aliviar o cenário de punição a Neymar, o PSG contratou uma equipe de peritos em leitura labial para análise das imagens das transmissões da Bein Sports, uma das detentoras dos direitos do Campeonato Francês.

A princípio, Neymar será julgado hoje pelo tapa na cabeça em Álvaro no fim do jogo. O brasileiro tem pena mínima prevista de dois jogos, por ter recebido cartão vermelho diretamente. Ela ainda pode ser ampliada até sete partidas de suspensão caso a análise seja de comportamento violento.

Esporte