PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2020/2021

Olympique bate PSG em jogo com acusação de racismo e Neymar expulso no fim

Do UOL, em São Paulo

13/09/2020 18h08

Classificação e Jogos

O Olympique venceu o PSG por 1 a 0 neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Francês 2020/2021. Repleto de incidentes polêmicos, o jogo foi realizado no estádio Parc des Princes, em Paris.

A partida foi marcada pela volta de Neymar ao time parisiense após diagnóstico de covid-19 - foi a estreia do brasileiro na nova temporada, depois do vice-campeonato da Liga dos Campeões, em agosto. No entanto, em partida tensa desde o início, o craque da seleção foi um dos cinco jogadores expulsos no fim do segundo tempo.

Mas a tensão começou bem cedo. Na etapa inicial, o camisa 10 se envolveu em uma discussão com Álvaro González, zagueiro espanhol do time de Marselha. Após ofensa, Neymar sinalizou o conteúdo preconceituoso da declaração do rival e rebateu: "racismo, não".

Nos acréscimos da etapa final, Neymar empurrou o zagueiro Álvaro González, dando início a uma confusão entre os jogadores das duas equipes, estendendo o tumulto do primeiro tempo. No incidente, o PSG teve três expulsos: Layvin Kurzawa, Leandro Paredes e o próprio Neymar, mas por uma infração flagrada pelo VAR. No Olympique, foram dois cartões vermelhos: Jordan Amavi e Darío Benedetto.

Com o resultado positivo, o Olympique chegou a seis pontos na tabela, subindo para o quinto lugar. O PSG, por sua vez, ficou sem pontuar após duas derrotas em dois jogos.

O único gol do jogo foi marcado aos 30 minutos do primeiro tempo. Payet cobrou falta da intermediária, Thauvin se movimentou nas costas da zaga do PSG e apareceu completamente livre na segunda trave para finalizar no cantinho esquerdo do gol.

Na próxima rodada, o PSG encara o Nice, enquanto o Olympique enfrenta o Lille.

Confira como ficou a tabela do Francês com a vitória do Olympique.

FICHA TÉCNICA PSG X OLYMPIQUE

Local: Parc des Princes, Paris

Data: 13 de setembro de 2020, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Jérôme Brisard

Assistentes: Benjamin Pages e Cyril Mugnier

Cartões amarelos: Ángel Di María, Leandro Paredes, Juan Bernat, Alessandro Florenzi e Neymar (PSG); Kevin Strootman, Darío Benedetto, Maxime Lopez, Álvaro González, Pape Gueye, Dimitri Payet e Hiroki Sakai (Olympique)

Cartões vermelhos: : Neymar, Leandro Paredes e Layvin Kurzawa (PSG); Jordan Amavi e Dario Benedetto (Olympique)

Gol: Florian Thauvin, aos 30 minutos do primeiro tempo (Olympique)

PSG: Sergio Rico; Alessandro Florenzi, Thilo Kehrer, Presnel Kimpembe, Juan Bernat; Idrissa Gueye, Marco Verratti, Ander Herrera, Pablo Sarabia, Ángel Di María; Neymar. Técnico: Thomas Tuchel.

OLYMPIQUE: Steve Mandanda; Hiroki Sakai, Duje Caleta-Car, Álvaro González, Jordan Amavi; Boubacar Kamara, Valentin Rongier, Pape Gueye; Florian Thauvin, Dimitri Payet, Maxime Lopez. Técnico: André Villas-Boas.

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.