PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Vasco vence o Athletico com gol de Cano e volta ao G-4 do Brasileirão

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/09/2020 19h54

Classificação e Jogos

O Vasco novamente contou com o faro de gol do atacante Germán Cano e venceu o Athletico Paranaense por 1 a 0 hoje (6), em São Januário, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Cruz-maltino foi aos 14 pontos e retornou ao G-4 da competição.

O time de São Januário chegou a fazer mais um gol no segundo tempo, marcado por Ribamar, mas o VAR foi acionado e anulou apontando falta do volante Bruno Gomes no início da jogada.

Já o Athletico chegou ao sexto jogo sem vitória no Brasileirão e, com sete pontos, se aproximou da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Atlético-GO. Já os paranaenses pegam o Botafogo na Arena da Baixada (PR).

Fernando Miguel paredão

O goleiro vascaíno fez grandes defesas tanto no primeiro quanto no segundo tempo. Algumas à queima-roupa.

Benítez maestro

O meia Benítez novamente teve uma boa atuação pelo Vasco. O argentino foi o maestro da equipe no primeiro tempo e deu uma assistência para Germán Cano, mas saiu no segundo tempo por cansaço.

Talles Magno tímido

Promessa badalada do Vasco, Talles Magno novamente teve uma atuação tímida, não conseguindo dar sequência nas jogadas e perdendo muitas bolas.

Vasco recua após o gol

O Vasco abriu o placar logo aos seis minutos do primeiro tempo. Mas o jogo não foi fácil. A equipe do técnico Ramon Menezes recuou bastante e passou a jogar explorando os contra-ataques. No segundo tempo, Benítez e Cano foram substituídos, e o time ficou ainda menos criativo.

Athletico tem volume, mas pouca efetividade

O Athletico teve mais posse de bola durante os 90 minutos e comandou as ações, mas faltou efetividade. Nas vezes em que criou boas oportunidades, esbarrou na boa atuação do goleiro vascaíno Fernando Miguel.

Sempre ele!

O Vasco abriu o placar logo aos seis minutos do primeiro tempo, quando Benítez tabelou com Yago Pikachu e, de carrinho, tocou para o artilheiro Germán Cano, que estava livre, somente para empurrar para o fundo da rede, fazendo o seu quinto no Brasileirão.

Queda de energia

No início do segundo tempo houve uma queda de energia em São Januário, mas ela durou apenas cerca de um minuto.

Vasco tem sete desfalques

O Vasco novamente teve muitos desfalques. Desta vez foram sete. Somente de Covid-19 foram quatro: Vinícius, Ricardo Graça, Werley e Breno. Além disso, Leandro Castan foi poupado, Henrique estava suspenso, e Juninho se recupera de lesão.

Bruno Gomes de volta

O volante Bruno Gomes cumpriu seus dez dias de isolamento por conta da Covid-19 e foi relacionado pelo Vasco.

Wellington não reencontra ex-clube

Pelo lado do Athletico, o volante Wellington cumpriu suspensão e não reencontrou seu ex-clube, que defendeu em 2017. Em compensação, o volante Richard, que defendeu o Vasco ano passado, esteve em campo.

Transmissão pirata

Vasco x Athletico não teve transmissão pela TV, mas alguns perfis do Instagram fizeram exibições piratas da partida.

A chegada do Vasco

A chegada do Athletico

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 ATHLETICO-PR

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 18h (horário de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon (Fifa/SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira (SP)
Cartões amarelos: não houve
Cartões vermelhos: não houve
Gols: Germán Cano (VAS), aos seis minutos do primeiro tempo;

Vasco: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Miranda, Marcelo Alves e Neto Borges; Andrey, Fellipe Bastos (Bruno César) e Benítez (Bruno Gomes); Ygor Catatau (Cayo Tenório), Germán Cano (Ribamar) e Talles Magno (Carlinhos). Técnico: Ramon Menezes.

Athletico-PR: Santos; Erick, Pedro Henrique, Lucas Halter (Lucho González) e Márcio Azevedo (Abner Vinícius); Richard (Alvarado), Christian, e Cittadini; Fabinho (Pedrinho), Geuvânio e Bissoli (Bruno Leite). Técnico: Eduardo Barros (interino).