PUBLICIDADE
Topo

Milan leva dois gols, vira em 5min e vence Juventus em duelo CR7 x Ibra

Ibrahimovic comemora gol do Milan contra a Juventus, de Cristiano Ronaldo - Miguel MEDINA / AFP
Ibrahimovic comemora gol do Milan contra a Juventus, de Cristiano Ronaldo Imagem: Miguel MEDINA / AFP

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 18h45

Classificação e Jogos

No duelo Zlatan Ibrahimovic x Cristiano Ronaldo, o atacante sueco levou a melhor, e o Milan venceu a Juventus por 4 a 2, de virada, em casa. O time de Milão perdia por 2 a 0, mas virou em cinco minutos, com gols de Ibra, Kessié e Rafael Leão — Rebic fez o quarto mais tarde. Do outro lado, Rabiot e CR7 marcaram para a Juve.

O resultado na 31ª rodada do Campeonato Italiano freia a disparada da Juventus na liderança da competição. A Velha Senhora poderia se distanciar ainda mais da vice-líder Lazio, que perdeu para o Milan no último fim de semana e acabou derrotada hoje contra o Lecce.

A Juve tem 75 pontos, contra 68 da Lazio. Já o Milan chega aos 49 pontos e assume provisoriamente a quinta colocação, na zona de classificação para a Liga Europa.

No primeiro tempo da partida de hoje, disputada no San Siro, o Milan chegou a marcar pouco antes do intervalo, mas o gol acabou anulado. Lucas Paquetá encontrou Ibrahimovic, que apareceu sozinho nas costas da zaga e deslocou Szczesny para balançar a rede. Porém, a arbitragem marcou impedimento.

Do outro lado, a Juventus atacou mais ao longo da primeira etapa e viu Cristiano Ronaldo arriscar com perigo, mas a bola foi para fora. O brasileiro Danilo também tentou - a finalização explodiu na zaga. E Donnarumma parou chute de Higuaín.

O Milan voltou do intervalo com Calhanoglu no lugar de Lucas Paquetá. E, no primeiro minuto da etapa final, a Juventus abriu o placar com um golaço. Rabiot carregou a bola do campo de defesa até o ataque, deu uma 'caneta' em Theo Hernández e acertou o ângulo de Donnarumma.

A Juventus ampliou a vantagem pouco depois. Aos sete, a zaga do Milan falhou, e a bola sobrou para Cristiano Ronaldo bater na saída do goleiro adversário.

Virada em 5 minutos

A reação do Milan começou aos 15, quando a arbitragem deu pênalti por toque no braço de Bonucci. Ibrahimovic foi para a bola e descontou aos 17. O empate veio aos 21 minutos. Kessié recebeu de Ibra e deixou tudo igual.

Quando a Juventus ainda tentava se recuperar, Rafael Leão arriscou, Szesesny aceitou e viu o Milan marcar o terceiro gol em cinco minutos para virar o jogo no San Siro. Mais tarde, ainda saiu o quarto. Aos 34, Alex Sandro saiu jogando errado, e Rebic encheu o pé para dar números finais na virada.