PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Clubes do Rio e Ferj fazem carta por volta, e Flu e Bota se negam a assinar

Maracanã vazio: a bola segue sem rolar no Rio de Janeiro - Thiago Ribeiro/AGIF
Maracanã vazio: a bola segue sem rolar no Rio de Janeiro Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/05/2020 11h48

Sem as assinaturas de Fluminense e Botafogo, os clubes da Série A, com a anuência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, emitiram uma carta na qual expressam que "desejam retomar as suas atividades o mais breve que lhes for possível" e afirmam que estão prontos para reiniciar os treinamentos.

No documento, que será encaminhado aos governantes, os signatários pedem a volta aos treinamentos, mas ressaltam as necessidades de cumprimento de medidas sanitárias. A iniciativa contou com o apoio de Flamengo, Vasco e os demais.

Por serem radicalmente contrários ao retorno neste momento, tricolores e alvinegros não assinaram, ainda que o presidente Rubens Lopes tenha tentado até o dia de hoje (8). O primeiro contato foi feito ontem (7) e os nomes dos clubes constam, ainda que sem a assinatura dos presidentes.

Dentre os cinco pontos destacados no documento, os clubes "reafirmam que tais atividades, sob a rigorosa vigilância e exigências estabelecidas situam-se em posição infinitamente inferior ao risco de exposição e disseminação da covid-19, em se tratando de comparações com inúmeras outras atividades e segmentos que já se encontram em franca atividade".

Por meio de nota oficial, o Fluminense reiterou seu posicionamento contrário. O Flu informou "que não é o momento do futebol brasileiro dar qualquer sinalização de retorno do esporte quando o país inteiro, particularmente o Rio de Janeiro, que está com extrema dificuldade de fazer a população cumprir o isolamento social necessário para reduzir o número de contaminações e mortes por conta do Covid-19".

Futebol