PUBLICIDADE
Topo

Paulistão para com virada do Guarani em clássico e Corinthians quase fora

Guarani supera rival Ponte Preta em clássico do Paulistão: 3 a 2 - Reprodução
Guarani supera rival Ponte Preta em clássico do Paulistão: 3 a 2 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

16/03/2020 21h55

Classificação e Jogos

O Campeonato Paulista parou de vez em grande estilo. No último jogo antes da interrupção do Estadual como forma de prevenção ao coronavírus, Guarani e Ponte Preta fizeram um clássico emocionante em Campinas e a vitória bugrina por 3 a 2, de virada, afetou bastante os planos do Corinthians na competição — caso ela seja retomada. O Guarani quebrou jejum de seis dérbis sem triunfos.

Antes da partida, foram registrados focos de confusão entre torcedores e policiais, mesmo que o Brinco de Ouro da Princesa tenha ficado fechado para o clássico para evitar aglomerações. Bugrinos se reuniram nos arredores do estádio e entraram em confronto com os PMs. Depois da partida, também houve confusão entre os atletas, com ameaças de agressão e expulsão do experiente atacante Roger.

Em campo, o Guarani tentava controlar as ações no primeiro tempo, mas acabou surpreendido com dois gols em um intervalo de apenas três minutos — dos 42 aos 45. Alisson abriu o placar de cabeça, aproveitando escanteio, e o centroavante Roger ampliou em cobrança de pênalti.

Na volta do intervalo, o domínio bugrino ficou ainda maior e se traduziu em gol com 11 minutos. A bola ficou viva no ataque e sobrou para Lucas Crispim, de bicicleta, mandar para o meio da área. Júnior Todinho mostrou oportunismo e descontou.

Todinho depois apareceu aos 36 do segundo tempo para dar uma assistência açucarada para Juninho, que concluiu linda jogada para o gol de empate. A Ponte ainda tentou sair no desespero, perdeu chances em contra-ataques e ainda foi castigada com o gol de Thalysson, já nos acréscimos.

Com o revés por 3 a 2 de hoje, a Ponte se frustra e, com sete pontos, fica na lanterna do Paulistão. Esse é o lado bom do resultado para o Corinthians, que vê a distância para a zona de rebaixamento ficar em três pontos a duas rodadas do fim.

Mas no assunto classificação para as quartas de final, o Timão se complicou de vez. Com a vitória, o Guarani vai a 16 pontos e ocupa a segunda posição no Grupo D, que tem os corintianos em terceiro com 11.

O Bugre enfrenta Botafogo (fora) e São Paulo (casa) nas duas rodadas finais, sem data prevista para serem realizadas. Já o Corinthians recebe o Palmeiras e depois visita o Oeste, que também briga para não cair, e precisa vencer ambas, além de contar com tropeços do Guarani, para avançar.