PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Raí questiona federação e diz que "SP está sendo roubado em casa"

Raí - Marcello Zambrana/AGIF
Raí Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

15/02/2020 22h03

O diretor de Futebol do São Paulo, Raí, reclamou de forma contundente contra a arbitragem no clássico diante do Corinthians, hoje, no Morumbi. Ao mostrar a insatisfação do clube com um suposto erro do juiz Douglas Marques das Flores ao avaliar um pênalti em Igor Gomes, ele declarou que o "São Paulo está sendo roubado em casa".

"É desagradável repetidamente reclamar da arbitragem e agora temos de questionar a política da federação. O São Paulo não pode mais ser cobaia de árbitro inexperiente, e enquanto isso os árbitros mais experientes estão apitando jogos no interior", sentenciou Raí.

"Estamos sendo roubados dentro de casa, em clássico e contra time pequeno. Vamos questionar e vamos até as últimas consequências até que seja resolvido", complementou o diretor.

A revolta da diretoria do São Paulo ficou evidente logo depois do apito final. Raí e Lugano foram em direção da arbitragem na entrada do túnel que leva aos vestiários e reclamaram bastante, mas acabaram contidos pela Polícia Militar.

A reclamação de Raí não começou agora. Há dez dias, ele viu o São Paulo ser prejudicado por erros de arbitragem no empate por 1 a 1 com o Novorizontino, no Morumbi. Na ocasião, dois gols deixaram de ser validados por impedimento e um pênalti em Vitor Bueno não foi marcado.

"Se não há má vontade da federação, é um erro técnico que tem que ser questionado. A Federação tem de assumir os erros e trazer soluções", complementou o dirigente.

Com o empate sem gols, o São Paulo segue fora da zona de classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista. A equipe tricolor soma nove pontos e tem o mesmo número de Inter de Limeira e Mirassol, mas tem menor número de vitórias e saldo de gols.

Futebol