PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Angulo, Araos... Como os estrangeiros do seu time se saíram no Pré-Olímpico

No Torneio Pré-Olímpico, chileno Angelo Araos viveu seu melhor momento em muitos meses - Juan BARRETO / AFP
No Torneio Pré-Olímpico, chileno Angelo Araos viveu seu melhor momento em muitos meses Imagem: Juan BARRETO / AFP

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

13/02/2020 04h00

O Torneio Pré-Olímpico terminou no último domingo com as classificações de Argentina e Brasil para a Olimpíada. Além de definir quem vai a Tóquio-2020, a disputa serviu como holofote para jovens jogadores mostrarem serviço pelas seleções sub-23. Abaixo, o UOL Esporte lista os estrangeiros do Brasileirão que jogaram o campeonato.

Araos ganha segunda chance no Corinthians

O camisa 10 da seleção sub-23 do Chile começou o Torneio Pré-Olímpico como reserva, mas ganhou a posição após fazer um gol e dar uma assistência saindo do banco. Apesar de eliminado na primeira fase, foi listado como um dos dez destaques da competição pelo jornal espanhol As.

Agora, Araos tenta dar a volta por cima no Corinthians. Ele foi contratado em 2018 por cerca de R$ 15 milhões, mas até agora somou apenas oito jogos como titular do Alvinegro e viveu semestre de pouco destaque no empréstimo recente à Ponte Preta. O meio-campista é um dos atletas que Tiago Nunes quer "recuperar" nesta temporada.

Palmeirense Angulo teve sua participação no Pré-Olímpico abreviada por lesão - REUTERS/Luisa Gonzalez
Palmeirense Angulo teve sua participação no Pré-Olímpico abreviada por lesão
Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

Angulo volta ao Palmeiras lesionado

O colombiano sofreu uma contusão muscular na região do quadril durante o torneio de seleções, por isso retorna ao Palmeiras direto para o departamento médico. Ele saiu do banco nas quatro partidas da primeira fase do Pré-Olímpico, somando 72 minutos, mas perdeu todo o quadrangular final.

Contratado há cerca de um ano, Angulo ainda não fez sua estreia pelo Palmeiras. Chegou a ficar no banco em uma partida do Brasileirão de 2019, mas ainda não recebeu chance.

Soteldo retorna ao Santos com novo contrato

O meia-atacante não conseguiu evitar a campanha ruim da Venezuela, eliminada com apenas uma vitória, mas provou seu valor no Pré-Olímpico. Ele foi titular nas quatro partidas da primeira fase, marcou dois gols e voltou ao Santos valorizado.

Enquanto defendia a seleção venezuelana, Soteldo foi alvo de disputa no mercado da bola. O Atlético-MG apresentou proposta de R$ 51 milhões para contratá-lo, mas o Santos rejeitou e acertou renovação com o jogador até 2023.

Novo atacante do Fluminense

Fernando Pacheco já até estreou pelo Fluminense, mas começou o ano defendendo o Peru no Pré-Olímpico. O atacante atuou em quatro partidas na primeira fase, mas viu sua seleção ser eliminada com uma única vitória. Aos 20 anos, ele debutou pelo Flu jogando os acréscimos do clássico contra o Botafogo, no último domingo (9).

Reforço do Goiás fez torneio discreto

Aos 23 anos, Ignácio Jara teve apenas 32 minutos em campo durante a participação do Chile no Pré-Olímpico. Sua seleção foi eliminada na primeira fase, e o meio-campista entrou na reta final dos jogos contra Argentina e Venezuela. Revelado pelo Cobreloa (CHI), ele fez 11 gols no último Campeonato Chileno e esteve bem perto de reforçar o Botafogo, mas o Goiás ganhou a disputa.

Futebol