PUBLICIDADE
Topo

Burocracia atrasa pagamento e impede inscrição de Cantillo no Paulista

Volante Cantillo só deve estrear pelo Corinthians contra a Ponte Preta, pela terceira rodada do Paulista - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Volante Cantillo só deve estrear pelo Corinthians contra a Ponte Preta, pela terceira rodada do Paulista Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/01/2020 15h41

Classificação e Jogos

O volante Victor Cantillo ainda não foi inscrito no Campeonato Paulista 2020 e desfalca mais uma vez o Corinthians. O colombiano está fora do duelo contra o Mirassol, amanhã (26), às 19h (de Brasília), no estádio José Maria de Campos Maia, no interior paulista, pela segunda rodada do Estadual.

O que impede a inscrição é a falta de pagamento da primeira parcela ao Junior Barranquilla-COL, ex-clube do jogador. Explica-se: o Corinthians só recebeu o invoice (documentação para realizar pagamento) dos colombianos na última quinta-feira, e por isso não conseguiu efetuar o pagamento.

Por conta disso, o clube paulista garante que Cantillo está regularizado para o jogo contra a Ponte Preta, quinta-feira (30), às 21h30 (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela terceira rodada da competição.

O Corinthians pagará US$ 2,8 milhões (R$ 11,2 milhões) por 70% dos direitos econômicos de Cantillo em quatro prestações que serão depositadas de quatro em quatro meses. Sendo assim, o Alvinegro quitará o investimento no início de 2021.

Sem Cantillo, o técnico Tiago Nunes mais uma vez apostará em Richard no meio-campo. O substituto do colombiano foi um dos destaques da vitória do Timão contra o Botafogo por 4 a 1, na Arena de Itaquera, na estreia do Alvinegro no Campeonato Paulista 2020.

Confira os 20 relacionados para 2ª rodada:

Goleiros: Cássio e Walter
Laterais: Fagner, Lucas Piton e Sidcley
Zagueiros: Bruno Méndez, Gil e Pedro Henrique
Meio-campistas: Camacho, Gabriel, Luan, Mateus Vital, Ramiro e Richard
Atacantes: Boselli, Gustavo, Janderson, Madson, Matheus Davó e Vagner Love

Futebol