Topo

Espanhol - 2019/2020


Messi garante liderança do Barça em noite de gênio e hat-trick com golaços

Lionel Messi comemora um de seus gols sobre o Celta pelo Espanhol - Josep LAGO / AFP
Lionel Messi comemora um de seus gols sobre o Celta pelo Espanhol Imagem: Josep LAGO / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/11/2019 18h51

O Barcelona parecia caminhar para mais um jogo sem criatividade e com críticas da torcida. Mas a genialidade de Lionel Messi em três lances de bola parada, sendo dois golaços de falta, garantiu a vitória sobre o Celta de Vigo, hoje, no Camp Nou, e colocou o time catalão na liderança do Campeonato Espanhol novamente.

Além do hat-trick do argentino, Sérgio Busquets completou a goleada no fim do segundo tempo quando o triunfo já estava encaminhado. Com o placar de 4 a 1, o Barça tem agora os mesmos 25 pontos do Real Madrid, mas supera o rival nos critérios de desempate. São oito vitórias, um empate e três derrotas em 12 jogos disputados até agora pelo time de Messi. Os merengues têm sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota.

O duelo começou mais morno, com o Barcelona mantendo a posse de bola e controlando os espaços. O jogo só engrenou a partir dos 21 minutos, quando Firpo fez jogada com Arthur, invadiu a área e cruzou. No caminho da bola, o zagueiro Aidoo acabou escorregando e caiu com o braço mudando a trajetória da bola. Pênalti para o time da casa. Messi, um minuto depois, cobrou com perfeição e abriu o placar.

O técnico Ernesto Valverde, bastante pressionado no cargo, teve que mexer no time pouco antes da cobrança da penalidade, trocando Nélson Semedo por Sérgio Busquets. O futebol do Barça seguia muito burocrático com a vantagem no placar. O castigo veio aos 41 minutos. O Celta ganhou uma falta com 21 metros de distância para a meta defendida pelo goleiro Ter Stegen. Olaza mandou no cantinho e empatou o jogo, 1 a 1.

O Barcelona, que seguia fraco em campo, acabou tendo a chance que precisava logo depois, aos 45 minutos da etapa inicial. Em outra cobrança de falta, foi a vez de Lionel Messi cobrar no canto sem chances para o goleiro do Celta, mandando o time catalão para o vestiário com a vantagem no placar.

O show de Lionel Messi tinha apenas começado. Na volta do intervalo, o Barcelona teve outra falta a seu favor próxima da área de ataque logo aos dois minutos. O craque argentino mandou direto para o gol de novo. O segundo golaço de falta, o terceiro dele na partida. O Celta sentiu o golpe do gol logo cedo na etapa final, e o Barça passou a ter domínio e controle do ritmo do jogo.

Messi teve outra oportunidade aos 26 minutos do segundo tempo após cruzamento de Dembélé, mas acabou deslizando e não conseguiu chegar à bola. Na sequência, Valverde substituiu Griezmann por Luis Suárez.

Aos 39 minutos da etapa final, Sergio Busquets, que havia entrado no começo do jogo, teve a oportunidade de balançar as redes - e não desperdiçou. Com uma verdadeira bomba, o jogador "fuzilou" o goleiro adversário e não deu chances de defesa, mandando 4 a 1 no placar do duelo.

Pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona agora só joga depois da data-Fifa de amistosos na próxima semana. O jogo contra o Leganés, fora de casa, pela 14ª rodada, está marcado para o dia 23 de novembro. O Celta vai visitar o Villarreal no dia 24.