Topo

Brasileirão - 2019


Chape empata no último minuto, e Cruzeiro segue sem vencer com Abel Braga

Do UOL, em São Paulo

13/10/2019 21h05

Abel Braga segue sem vencer no comando do Cruzeiro. O time mineiro sofreu o gol de empate contra a lanterna Chapecoense no último minuto, em confronto direto contra o rebaixamento. Dedé empurrou para as redes com apenas quatro minutos do primeiro tempo, fazendo 1 a 0 para os mineiros. O time catarinense, porém, empatou aos 48 minutos, com Camilo — em lance que demorou muito a ser confirmado pelo VAR.

Assim, o Cruzeiro soma oito partidas sem vencer no Brasileirão. Já são quatro derrotas e quatro empates — três empates e uma derrota sob o comando de Abel. O time permanece na 18ª colocação, agora com 22 pontos, quatro a menos que o Ceará, primeiro time fora da zona de degola.

A Chapecoense também não sabe o que é vencer sob o comando de Marquinhos Santos. O time catarinense é o último colocado, com 16 pontos, um atrás do Avaí. Na quarta-feira, eles viajam para a capital paulista, onde enfrentarão o vice-líder Palmeiras. No mesmo dia, o Cruzeiro recebe o São Paulo.

Fábio e Dedé: melhores em campo

Fábio teve um daqueles jogos que o torcedor cruzeirense espera dele: repleto de milagres. O goleiro terminou o jogo com cinco defesas. Isso quando a bola chegava nele, pois Dedé, que marcou o único gol do Cruzeiro, colecionou cortes e não permitiu à Chape finalizar até o último minuto.

Marquinhos Gabriel: jogo apagado

O meia pouco participou da partida em Chapecó. A sua melhor chance foi numa bola chutada por cima do gol, ainda no primeiro tempo. Foi substituído com 22 minutos do segundo tempo para a entrada do atacante Pedro Rocha.

Chapecoense reativa

A Chapecoense sofreu o gol logo no começo do jogo e foi obrigada a reagir para buscar ao menos o empate. Houve um primeiro ímpeto logo após o gol e outro na primeira metade do segundo tempo, quando colocou mais um atacante em campo. Porém, além de não conseguir marcar, ainda permitia o Cruzeiro equilibrar novamente o jogo. Conseguiu chegar ao gol somente no último minuto do jogo.

Cruzeiro administra o jogo desde o começo

O gol de Dedé bem no começo da partida era tudo que o Cruzeiro precisava para conseguir conduzir o jogo sem tanto peso sobre os ombros. Com a vantagem desde os 4 do primeiro tempo, o time apenas cuidou que a Chapecoense não avançasse, conseguindo criar algumas poucas chances de ampliar o placar.

Cronologia do jogo

A entrada dos dois times para o Hino Nacional, com todos os jogadores bem sérios e silenciosos, já mostrava a tensão que havia para o duelo. O Cruzeiro conseguiu converter essa seriedade em vantagem bem no começo do jogo. Com apenas quatro minutos, Fred escorou a bola para Dedé chegar chutando e abrir o placar.

A Chapecoense esboçou uma reação logo após o gol, obrigando a Fábio a fazer duas boas defesas, a primeira na cabeceada de Roberto e depois no chute de longe do Régis. Ainda nesta pressão da Chape entre os 10 e os 15 minutos, o VAR analisou um toque de mão de Fabrício Bruno, mas ficou decidido que o jogo seguisse.

Ambos os times continuaram buscando o gol no primeiro tempo, deixando a partida bem equilibrada, mas quem ficou com a melhor chance foi o Cruzeiro. Aos 45, David recebeu o cruzamento de Éderson e finalizou na trave.

Para o segundo tempo, Marquinhos Santos tirou o meia Vini Locatelli e colocou o atacante Arthur Gomes. O ataque da Chape passou a oferecer mais perigo, tendo uma boa oportunidade no chute de Régis, obrigando Fábio a saltar para evitar o gol.

João Ricardo também teve trabalho para evitar que o Cruzeiro ampliasse. O goleiro da Chapecoense defendeu com o rosto a bola finalizada à queima-roupa por Fred. O defensor chegou a ficar por um momento no chão, mas logo se recuperou para continuar jogando.

Quando o jogo já estava com 50 minutos e uma parte da torcida já havia deixado a Arena Condá, Arthur Gomes finalizou para a defesa de Fábio. Porém, Camilo conseguiu pegar o rebote para marcar para a Chape. O lance foi confirmado pelo VAR após quase cinco minutos de análise.

Ficha técnica
Chapecoense 1 x 1 Cruzeiro

Competição: Campeonato Brasileiro (25ª rodada)
Data: 13/10/2019
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Caio Augusto Max Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Márcio dos Santos (RN)
VAR: Adriano Milczvski

Gols: Dedé (Cruzeiro), aos 4' do primeiro tempo, e Camilo (Chapecoense), aos 54' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rafael Pereira (Chapecoense); Pedro Rocha (Cruzeiro)

Chapecoense: João Ricardo, Bryan (Renato), Douglas, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Elicarlos, Roberto, Camilo, Vini Locatelli (Arthur Gomes); Régis (Diego Torres) e Henrique Almeida. Técnico: Marquinhos Santos

Cruzeiro: Fábio, Edílson (Weverton), Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson, David (Ariel Cabral), Thiago Neves e Marquinhos Gabriel; Fred. Técnico: Abel Braga