Topo

Futebol


Atletas citam psicológico ruim no Atlético: "talvez seja melhor jogar fora"

Do UOL, em Belo Horizonte

13/10/2019 21h16

Mais uma noite terrível do Atlético-MG. O time alvinegro jogou diante do seu torcedor e foi goleado por 4 a 1 para o Grêmio, amargando mais um tropeço difícil de engolir no Brasileirão. Na partida do Horto, o torcedor mineiro mostrou sua revolta com o time em vários momentos e poupou poucos jogadores do elenco. Para o capitão Réver, o psicológico ruim está atrapalhando demais a equipe.

"Nossa maior dificuldade tem sido dentro de casa. Sentimento de frustração por não conseguir resultado em casa, deixando as equipes da frente se distanciarem. A gente é obrigado a sair daqui escutando isso. Agora é esfriar a cabeça e pensar no jogo fora de casa, talvez psicologicamente seja melhor jogar fora que em casa", disse Réver, em entrevista ao canal Premiere.

As manifestações do torcedor contra o time começaram após o gol de Galhardo, que só aconteceu por causa de uma falha grotesca do goleiro Wilson. O Galo diminui com Di Santo, de pênalti, mas a comemoração do torcedor durou em torno de cinco segundos. Naquela altura, o time já perdia por 2 a 1 e a torcida deu continuidade aos contos contra a diretoria.

O presidente Sérgio Sette Câmara foi alvo do torcedor em vários momentos. Dentro de campo, apenas atletas como Di Santo, Réver e Marquinhos escaparam das palavras de ordem que chegavam das arquibancadas. Rodrigo Santana também foi bastante xingado, e pedidos de Cuca também foram feitos.

"O nosso primordial é o psicológico, a gente estava mais perto do gol que eles. Mas quando erra, erra todo mundo. Temos que ter a cabeça no lugar, falar menos e fazer mais. O momento é de trabalhar, eu já vivi momentos ruins em vários times, mas nunca tive uma seca tão grande como agora no Atlético. É duro porque a responsabilidade é gigante, temos que brigar por coisas grandes. É o momento de se fechar. Torcedor pediu jogador, mas não tem mais ninguém para vir. Temos que nos fechar", falou o meia Vinicius.

Com o resultado negativo, o Atlético continua sua queda livre no Campeonato Brasileiro. A equipe permanece em 11º lugar com 31 pontos, mas já está a seis pontos do CSA, primeiro integrante da zona do rebaixamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Futebol