Topo

Justiça suspende liminar de Fred em caso sobre multa de R$ 10 mi com o Galo

Fred, do Cruzeiro, em ação contra o Internacional - Pedro H. Tesch/AGIF
Fred, do Cruzeiro, em ação contra o Internacional Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte (MG)

12/09/2019 13h11

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) cassou a liminar que livrava Fred da multa que deveria pagar ao ex-clube. O atacante do Cruzeiro trava uma batalha com o Atlético-MG por causa dos R$ 10 milhões devidos no acerto com a Raposa.

Mesmo com a liminar cassada, Fred poderá seguir jogando pelo Cruzeiro. O atacante, no entanto, será obrigado a pagar os R$ 10 milhões. O jogador terá que pagar R$ 500 mil caso queira recorrer da decisão.

A confirmação foi feita ao UOL Esporte pelo vice-presidente do Atlético-MG, Lásaro Cândido Cunha, Ele também é o responsável pelo departamento jurídico do clube.

Ao deixar a Cidade do Galo em dezembro de 2017, Fred e Atlético acordaram que o jogador teria que pagar uma multa de R$ 10 milhões em caso de acordo com o arquirrival Cruzeiro até 31 de dezembro de 2018, quando se encerraria o vínculo rescindido com o time alvinegro.

Como Fred acertou a ida para a Toca da Raposa II antes da data estipulada, o Atlético acionou a CNRD da CBF para solicitar o pagamento da multa. O caso prosseguiu e foi vencido pelo clube mineiro. O órgão vinculado à CBF decidiu que a multa deveria ser paga pelo atleta. Em julho deste ano, no entanto, Fred obteve uma liminar que suspendia o valor.

Mais Cruzeiro