Topo

Brasileirão - 2019


Inter vence com reservas e impõe terceiro tropeço seguido ao São Paulo

Do UOL, em São Paulo

07/09/2019 20h54

Bastaram os reservas em campo para o Internacional vencer o São Paulo por 1 a 0 na noite de hoje, no Beira-Rio, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho usou escalação alternativa por já estar de olho na final da Copa do Brasil, mas mesmo assim conseguiu o resultado com gol de Rafael Sobis e impôs ao Tricolor o terceiro tropeço seguido.

A vitória é valiosa para o Internacional, que sobe aos 30 pontos e fica nos calcanhares do primeiro pelotão mesmo com as atenções voltadas à final da Copa do Brasil. Já o São Paulo tem 31 pontos e chega a três jogos sem vencer (clique aqui e confira a classificação atualizada do Brasileirão). O Colorado agora usa força total na primeira decisão contra o Athletico, na quarta-feira (11), enquanto o Tricolor só volta a campo no domingo (15) para enfrentar o CSA pelo Brasileirão.

Quis jogo: Sobis dá trabalho e faz o seu

MAX PEIXOTO/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: MAX PEIXOTO/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO
Toda a experiência do veterano rendeu frutos no Beira-Rio. Rafael Sobis brigou muito com os zagueiros do São Paulo, não desistiu de uma bola sequer e fez seu gol de pênalti, após toque de mão de Hudson. O atacante foi desarmado várias vezes, é verdade, mas mostrou que ainda incomoda muito como centroavante.

Abaixo: Vitor Bueno participa pouco do jogo

Escolha de Cuca para a vaga de Antony, o meia participou bem menos do jogo do que o esperado e foi anulado por Zeca - que teve boa atuação na lateral esquerda do Inter. Vitor Bueno foi substituído por Igor Vinícius e deixou o jogo após tentar um único drible e perder a bola dez vezes.

Inter faz jogo seguro e se impõe

O ritmo e o entrosamento podem não estar no nível dos titulares, mas a escalação alternativa do Internacional se portou bem. Após período de timidez no início da partida, o time da casa foi melhorando aos poucos para pressionar o São Paulo e sofrer pouquíssimos sustos. Ficou ainda mais à vontade após o gol de Sobis, quando pôde se recolher e armar contra-ataques.

São Paulo sente a ausência dos desfalques

As oito baixas dificultaram muito a vida tricolor em Porto Alegre. O meio-campo ficou desorganizado sem um armador, e faltou criatividade para incomodar mais o Internacional. Os primeiros minutos foram bons, é verdade, mas o time foi se perdendo aos poucos e fez um segundo tempo sem alternativas, engessado. Acabou sofrendo o gol e não soube como reagir, mesmo com as promessas Gabriel Sara e Fabinho em campo.

Cronologia do jogo

O São Paulo entrou muito mais ligado e só não abriu o placar por detalhe: aos oito minutos Lomba fez boa defesa em chute de Raniel; aos 11 Tchê Tchê recebeu livre na área e mandou por cima. Quando os visitantes ameaçavam controlar, o Inter reagiu e equilibrou o jogo.

A chance mais clara do Inter no primeiro tempo foi de Rafael Sobis, que disparou em contra-ataque e só parou em grande defesa de Tiago Volpi, aos 35 minutos (assista acima). Pouco depois Hudson desviou um escanteio fechado e assustou o goleiro são-paulino, quase fazendo gol contra (veja abaixo).

O bom momento do Inter se estendeu ao segundo tempo, mas demorou a se transformar em vantagem: Sobis exagerou na força e mandou para fora aos três minutos, e aos 15 Tiago Volpi voltou a salvar o São Paulo, desta vez após cabeceio de Guilherme Parede. Amadurecido, o gol colorado saiu de pênalti aos 31 minutos, após Hudson levar a mão na bola dentro da área - Sobis cobrou sem chances para Volpi.

Daí em diante o time da casa se fechou e não correu qualquer risco, apostando no contra-ataque para responder às poucos ataques do São Paulo. Aos 39, aliás, o Inter por pouco não ampliou sua vantagem quando Volpi bateu roupa e quase deu rebote na pequena área.

Ficha Técnica

Internacional 1 x 0 São Paulo

Data: 7 de setembro de 2019
Hora: 19 horas (de Brasília)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Competição: Campeonato Brasileiro, 18ª rodada
Público: 13.538 pagantes
Renda: R$ 631.570,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Michael Correia (ambos do RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Cartões Amarelos: Bruno Silva (INT); Reinaldo, Liziero, Hudson, Anderson Martins e Igor Vinícius (SAO)
Cartão Vermelho: não houve

Gol: Rafael Sobis aos 31 minutos do segundo tempo

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor, Klaus, Victor Cuesta e Zeca; Bruno Silva (Edenílson), Nonato (Neilton) e Patrick; Rafael Sobis, William Pottker (Wellington Silva) e Guilherme Parede. Técnico: Odair Hellmann.

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran (Fabinho), Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Liziero (Gabriel Sara) e Tchê Tchê; Vitor Bueno (Igor Vinícius), Everton e Raniel. Técnico: Cuca.