Topo

Gabigol comemora ano mais goleador pelo Fla: "Presente de aniversário"

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/09/2019 18h19

Autor de dois gols na vitória do Flamengo sobre o Palmeiras por 3 a 0, Gabigol teve motivos de sobra para comemorar. Além de ver o Rubro-negro vencer e reconquistar a liderança do Campeonato Brasileiro, o atacante alcançou na partida o ano mais goleador de sua carreira. Como fez 23 anos na sexta-feira (30), ele ganhou um "presente de aniversário" neste domingo (1).

"Vitória importante contra um adversário muito forte. Conseguimos impor nosso jogo e nossa característica e sair com a vitória. É sempre muito especial vencer, marcar gols e é um presente para mim porque foi meu aniversário. Estou feliz pelos gols, mas muito mais pela vitória importante contra o Palmeiras", declarou.

Com os dois gols da tarde, o camisa 9 chegou aos 28 gols e superou a temporada mais goleadora da carreira — fez 27 pelo Santos em 2018. Mas no Rio, a média é bem melhor: foram 52 jogos até alcançar a marca no Alvinegro, contra apenas 38 pelo Rubro-negro.

Provocado durante a semana, Gabigol respondeu aos críticos ainda na saída do intervalo, quando já havia deixado o seu. O atacante exaltou o elenco e agradeceu os companheiros pelas boas atuações que vem tendo na temporada.

"Me disseram que não faria tantos gols sem o Bruno Henrique. É verdade, não faria sem o Bruno Henrique, sem Diego Alves, sem o Dantas, sem o Thuler, sem o elenco todo. Só posso agradecer a Deus por esse momento e espero que venham mais gols pela frente", destacou.

Na saída de campo, o jogador voltou a elogiar a atuação do time contra o Palmeiras. Para Gabigol, a torcida também foi fator importante para a imposição de jogo do Fla no Maracanã.

"Equipe muito forte e qualificada. Conseguimos impor nosso ritmo na nossa casa, com a torcida ao nosso lado. Era o objetivo. Eles também são fortes na casa deles, precisávamos nos impor aqui. Foi uma partida muito boa da equipe contra um ótimo adversário", finalizou.

Após a quarta vitória consecutiva, o Flamengo chegou aos 36 pontos, mesmo número do Santos, mas tem vantagem no saldo de gols (20 a 12). O time dirigido por Jorge Jesus volta a campo no sábado, contra o Avaí, às 17h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Flamengo