Topo

Futebol


"Pagamos pelo estilo de jogo ofensivo", lamenta Victor Ferraz após empate

Do UOL, em São Paulo

25/08/2019 18h20

Neste domingo (25), o Santos perdeu a chance de quebrar a sequência negativa de resultados, porém levou o gol de Tinga no último lance de jogo e apenas ficou no empate diante do Fortaleza. Um dos que mais lamentou o placar, já que o Peixe voltou do intervalo com uma vantagem de três gols, foi o lateral-direito Victor Ferraz, que destacou o sistema ofensivo da equipe por praticamente toda a partida.

"Isso é muito difícil de acontecer. A gente tinha a chance de fazer mais, as oportunidades apareceram, mas deixamos o time adversário crescer. A gente paga pelo estilo ofensivo. Temos que atacar o tempo inteiro, o treinador fala, a gente poderia ter se posicionado um pouco mais. O que não pode acontecer é abaixar a cabeça e deixar isso abalar", afirmou o lateral-direito do Santos logo após o resultado negativo diante da equipe tricolor.

O defensor ainda destacou que resultados inesperados e queda de rendimento são situações que acontecem no esporte, porém não deu brecha para perder a confiança do grupo santista.

"O futebol é assim, temos que aprender. Não vou dizer que faltou atenção, todo mundo está se cobrando. Agora teremos que resolver isso lá dentro, no vestiário, e não deixar isso nos abalar para o restante do torneio. Não é fácil essa situação, mas não podemos perder o ritmo. Ainda somos o líder do campeonato e vamos manter o bom ritmo para continuar na briga", finalizou o jogador.

Agora, a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli foca as atenções na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo será diante da Chapecoense, fora de casa, sendo que a equipe catarinense está na briga para fugir da zona de rebaixamento.

Mais Futebol