Topo

Seleção Brasileira


Conversa entre preparadores ajudou Tite a convocar Neymar mesmo sem jogos

Do UOL, em São Paulo

16/08/2019 13h58

Tite não esconde que cogitou não chamar Neymar para os amistosos de setembro da seleção brasileira. O técnico estava preocupado com a falta de jogos do atacante na pré-temporada do Paris Saint-Germain, mas acabou convencido a convocá-lo depois de uma conversa entre os preparadores físicos do Brasil e do clube francês.

Essa versão foi contada por Juninho Paulista, coordenador de seleções da CBF, logo após o anúncio da lista de convocados para os jogos contra Colômbia e Peru, nos Estados Unidos, marcados para os dias 6 e 10 do próximo mês. Segundo o dirigente, Fábio Mahseredjian, preparador da seleção, procurou Ricardo Rosa, do PSG, para entender a real situação de Neymar. E recebeu boas notícias.

"A questão do Neymar foi discutida pelo Tite com a comissão até ter a convicção do nome. Essa foi uma discussão grande. O Tite costuma gostar de ver o jogador participar de jogos pelo clube antes de voltar a jogar na seleção, principalmente após uma lesão (lesionou o tornozelo direito no amistoso contra o Qatar, em junho). Agora é um caso diferente. O Fábio e o Ricardo conversaram, viram que o Neymar está recuperado há um mês, que ele está apto a jogar e só não joga por que o clube está negociando. Seria compreensível não convocar, mas ele estando disponível seria difícil prescindir de um jogador dessa qualidade", disse Juninho, à ESPN Brasil.

Neymar jogou apenas dez partidas em 2019, atrapalhado por duas lesões no pé direito. Foram nove pelo PSG e apenas uma pela seleção brasileira, quando se machucou ainda no primeiro tempo e precisou ser cortado da Copa América. A ausência nos jogos do time francês é explicada ainda pelas negociações em andamento com Real Madrid e Barcelona.

Agora, está de volta à lista de Tite também pelo número de desfalques no setor ofensivo. Pedro, do Fluminense, perdeu mais uma chance na seleção por estar lesionado. Gabriel Jesus cumpre suspensão e Everton Cebolinha não foi chamado para não prejudicar o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil.

Mais Seleção Brasileira