PUBLICIDADE
Topo

Técnico diz que Neymar é atleta do PSG, mas "grande risco" o tirou de jogo

Paris Saint-Germain Football/PSG via Getty Images
Imagem: Paris Saint-Germain Football/PSG via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/07/2019 15h15

Thomas Tuchel diz que não há novidade sobre a possível saída de Neymar, que, segundo ele, continua sendo jogador do Paris Saint-Germain. Porém, o técnico foi questionado após deixar o brasileiro de fora do amistoso de hoje (30), em vitória por 3 a 0 sobre o Sydney FC, e teve de se explicar à imprensa.

"Não tenho informações para você sobre o Neymar. Ele é um dos nossos jogadores, e qualquer coisa além disso é uma questão entre o clube e o Neymar. Para mim, ele está no vestiário e é um dos meus jogadores. Nada de novo", afirmou, antes de ser questionado.

Afinal, Neymar nem mesmo viajou de Macau para Suzhou, na China, onde ocorreu a partida de hoje. "[Colocá-lo em campo sem a forma física ideal] Seria um grande risco. Quando saímos de Macau, ele não tinha feito nenhum treino coletivo", começou Tuchel.

Esta justificativa também foi dada para a ausência do zagueiro Kimpembe, que, assim como Neymar, não viajou com o grupo para a outra cidade chinesa. "Do ponto de vista médico, teria sido muito arriscado. Decidimos deixá-los em Shenzhen treinando para melhorar a forma física. Não podemos fazê-los jogar sem ter treinado com a equipe", explicou.

O treinador afirmou que esta decisão não está relacionada ao desejo de Neymar, que já comunicou à diretoria do PSG que não quer permanecer no clube francês. A sequência de lesões sofridas pelo atacante é um fator que ainda preocupa a comissão técnica.

"Neymar sofreu muitas contusões, ficou fora da disputa da Copa América. Quando você volta, é essencial melhorar sua forma física. Por essa razão, eles treinaram individualmente e amanhã devem realizar seus primeiros trabalhos com o elenco", concluiu.

Neymar é desfalque para o jogo de sábado, contra o Rennes, pela Supercopa da França, no qual cumprirá suspensão por ter agredido um torcedor na final da Copa da França. No entanto, o PSG não sentiu sua falta contra o Sydney FC. Mbappé, Cavani e Metehan Güçlü fizeram os gols (veja abaixo).

Ontem (29), a delegada Juliana Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, disse ter visto ausência de elementos suficientes para o indiciamento de Neymar no caso de acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade.

O inquérito foi encerrado e encaminhado para o Ministério Público. Agora, após petição feita por Neymar e seu pai, a 11ª Delegacia de Polícia de Santo Amaro (SP) investigará se Najila fez uma denúncia caluniosa.

Esporte