PUBLICIDADE
Topo

TV: Neymar cita ajuda de assessor e TI em vídeo sobre acusação de estupro

Neymar prestou depoimento na quinta-feira no Rio de Janeiro  - Thyago Andrade/AgBrazilNews
Neymar prestou depoimento na quinta-feira no Rio de Janeiro Imagem: Thyago Andrade/AgBrazilNews

Do UOL, em São Paulo

07/06/2019 13h50

O atacante Neymar disse, em depoimento na última quinta-feira no Rio de Janeiro, que teve ajuda de um integrante de sua assessoria e de um técnico de informática na formulação do vídeo publicado na noite do último sábado em sua conta no Instagram, informou a "TV Globo". Nele, o jogador se defende da acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade com a divulgação de parte da conversa por Whatsapp que manteve com ela em Paris.

Ainda segundo a "TV Globo", o técnico de TI e o assessor citados por Neymar, que não tiveram seus nomes divulgados, serão chamados para prestar depoimento. Neymar alegou que foram eles que juntaram as imagens da conversa ao vídeo que ele tinha gravado. O trecho divulgado no Instagram do jogador acabou vazando o rosto e o nome de Najila antes de sua identidade se tornar pública.

Neymar prestou ontem, por cerca de duas horas, depoimento na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) na Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio de Janeiro. O jogador é investigado no Rio pelo vazamento de fotos e conversa íntima paralelamente ao caso investigado em São Paulo para apurar a acusação de estupro.

Ainda segundo a "TV Globo", Neymar permitiu que a polícia acessasse o conteúdo inteiro da conversa com a Najila, mas ele não precisou deixar o seu celular.

Desde a divulgação em seu Instagram, outro trecho da conversa pelo Whatsapp foi divulgado pelas TVs Globo e Record na última quinta-feira. Nele, a modelo envia imagem que dá a entender que suas nádegas estão com marcas vermelhas, e o jogador se defende dizendo que ela "pedia mais".

Futebol