Topo

Botafogo não se empolga e prevê "derrota" no STJD por VAR contra Palmeiras

Dayverson comemora pênalti marcado pelo VAR em jogo contra o Botafogo: resultado está suspenso - Andre Borges/AGIF
Dayverson comemora pênalti marcado pelo VAR em jogo contra o Botafogo: resultado está suspenso Imagem: Andre Borges/AGIF

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/06/2019 04h00

O Botafogo espera que a anulação da partida contra o Palmeiras seja julgada até o fim da próxima semana, quando os clubes entrarão em recesso por conta da disputa da Copa América. O clube de General Severiano entende estar com a razão e que uma nova partida deveria ser disputada. A expectativa, no entanto, não é das melhores. O clube paulista é visto como favorito no duelo extracampo. O Alvinegro, inclusive, admite internamente que dificilmente uma nova partida será disputada entre as equipes.

"O posicionamento do Botafogo é que nosso pleito está corretamente feito e profundamente embasado nas regras do futebol, especificamente na regra 5. O erro é claramente configurado como um erro de direito que teve impacto direto no resultado da partida, o que, também pelas regras do futebol, implica na anulação da partida", se posicionou o clube.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.