Topo

Brasileirão - 2019


Palmeiras e Santos reacendem rivalidade em duelo direto por liderança

Sasha e Felipe Melo disputam bola em clássico do ano passado entre Palmeiras e Santos - Daniel Vorley/AGIF
Sasha e Felipe Melo disputam bola em clássico do ano passado entre Palmeiras e Santos Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Eder Traskini e Leandro Miranda

Do UOL, em Santos e São Paulo

18/05/2019 04h00

O primeiro clássico do Campeonato Brasileiro para Palmeiras e Santos coloca adversários históricos frente a frente hoje, no Pacaembu, em um momento de alta para as duas equipes. Com dez pontos, mesmo número do São Paulo, os times de Luiz Felipe Scolari e Jorge Sampaoli fazem um duelo direto pela liderança, que traz de volta à tona a rivalidade que se acirrou ainda mais nas últimas temporadas.

O clima entre Palmeiras e Santos é quente pelo menos desde 2015. Naquele ano, os times decidiram tanto o Paulistão quanto a Copa do Brasil, com um título para cada lado e muitas provocações de ambas as partes. Os duelos particulares entre Fernando Prass e Ricardo Oliveira simbolizaram bem a intensidade da disputa, com o santista sendo decisivo no estadual e os palmeirenses ironizando o adversário na comemoração da conquista nacional no fim do ano.

Lucas Lima é outro personagem que ficou marcado nessa época de decisões ferventes entre as equipes. O meia passou muito tempo ouvindo que tinha ficado "no bolso" do volante alviverde Matheus Sales na final da Copa do Brasil de 2015 e até se irritou com a brincadeira em redes sociais. O diretor palmeirense Alexandre Mattos chegou inclusive a xingar o jogador rival na comemoração do Brasileiro de 2016. Hoje, Lucas está em baixa também no Palmeiras e longe das preferências de Felipão.

Outros episódios também jogaram gasolina na rivalidade. No Paulista de 2016, o Santos levou a melhor sobre o Palmeiras na semifinal, com brilho de Vanderlei na disputa de pênaltis. E em 2017, Felipe Melo foi o protagonista ao ironizar a capacidade da Vila Belmiro, dizendo que nunca tinha visto "caldeirão com 8 mil pessoas" após ouvir provocações dos santistas sobre sua expulsão contra a Holanda na Copa do Mundo de 2010.

O Santos, aliás, também deu sua contribuição recente para esquentar o clássico de hoje. Em seu perfil oficial no Twitter, o clube alvinegro postou uma lembrança sobre a última rodada do Brasileiro de 2014, quando o Palmeiras escapou do rebaixamento à Série B graças ao triunfo santista sobre o Vitória.

Agora, os rivais se encontram para decidir quem pode terminar a rodada na liderança do Brasileiro. Para encarar o estilo ofensivo de Sampaoli, Felipão tem a possibilidade de promover a entrada de Moisés na vaga que vem sendo ocupada por Raphael Veiga. Do outro lado, o técnico argentino pode escalar novamente um sistema com três zagueiros que tem dado resultados positivos nas últimas rodadas. A bola rola a partir das 19h, no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras x Santos

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 18 de maio de 2019 (sábado)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Helton Nunes (SC)

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa (Victor Luís); Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Raphael Veiga); Dudu, Zé Rafael e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Santos: Vanderlei; Lucas Veríssimo (Eduardo Sasha), Felipe Aguilar e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Jean Lucas (Jean Mota), Diego Pituca e Jorge; Sánchez, Rodrygo e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli