Topo

Brasileirão - 2019


Após deixar Santos por Copa, Lucas Lima amarga esquecimento no Palmeiras

Ale Cabral/AGIF
Imagem: Ale Cabral/AGIF

Eder Traskini e Leandro Miranda

Do UOL, em Santos e em São Paulo

18/05/2019 04h00

Era uma vez um meia de criação que vestia a camisa 10 que um dia pertencera a Pelé. Reconhecido na época como o melhor jogador em atividade no Brasil, Lucas Lima vivia seu auge com a camisa do Santos e convocações para a Seleção Brasileira naturalmente ocorreram.

Foram quatro anos na Baixada Santista e três deles em lua de mel com a torcida do Peixe. O período chegou a ser eternizado na pele pelo meia, que tatuou uma imagem dele próprio antes da cobrança de pênalti que deu o título Paulista de 2015 ao Santos.

Disputando as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 e também a Copa América de 2016, Lucas Lima chegou a ser especulado até mesmo no gigante Barcelona (ESP). Com o contrato acabando, o meia tomou uma decisão: não renovou com o Santos ao final de 2017 e acertou com o rival Palmeiras.

Você pode assistir ao reencontro de Lucas Lima com o Peixe no duelo Palmeiras x Santos por meio do UOL Esporte Clube, que dá acesso ao conteúdo do Esporte Interativo no app EI Plus, sem precisar de assinatura de TV a cabo.

A relação de Lucas Lima com seu novo clube não era boa até então. A aquecida rivalidade entre o Peixe e o Verdão tinha entre seus expoentes o próprio meia, além do goleiro Fernando Prass e do centroavante Ricardo Oliveira. Seduzido por um salário que hoje é sétimo maior do Brasil, Lucas Lima deixou de lado as provocações feitas ao clube alviverde e se juntou ao Palmeiras no início de 2018.

Em sua apresentação no novo clube, como não poderia ser diferente, falou sobre Seleção Brasileira e o sonho de jogar a Copa do Mundo daquele ano. Em 2017, em meio ao imbróglio da renovação de contrato e a queda de rendimento no Santos, as convocações já tinham rareado, mas Lucas Lima falou grosso.

"Sei que fiz a escolha certa. Estou muito feliz. É um ano de Copa do Mundo e creio que o Palmeiras me deixa mais perto disso", disse. Desde então, nunca mais foi convocado.

O meia chegou ao Palmeiras com status de grande reforço, mas nunca conseguiu regularidade. Fez um ótimo Campeonato Paulista, mas perdeu a titularidade ainda com Roger Machado no comando, que preferiu a movimentação mais intensa e as chegadas à área de Moisés. O estilo mais cadenciado do camisa 20 nunca foi totalmente aceito pela torcida alviverde, acostumada a jogadores mais aguerridos.

2019 e o esquecimento

Lucas chegou a ter momentos positivos no ano passado, como o golaço contra o Boca Juniors na Bombonera na primeira fase da Libertadores e uma boa reta final na campanha do título do Campeonato Brasileiro. O ano de 2019, porém, vem sendo terrível para o atleta. Hoje, ele é uma das últimas opções de Felipão, atrás de nomes como Zé Rafael e Raphael Veiga, que ganharam vaga no time após lesões de Ricardo Goulart e Gustavo Scarpa.

Dos 26 jogos do Palmeiras no ano, foi titular em apenas sete. Aos 28 anos, Lucas Lima terá 31 em 2022, ano da próxima Copa do Mundo. Neste momento, o meia parece muito mais longe de disputar um Mundial do que estava quando saiu do Santos.