Topo

"Desimpedidos" pede desculpas a Sidão após campanha: "Perdeu a graça"

Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo

13/05/2019 14h09

O canal "Desimpedidos" se pronunciou hoje (13) para pedir desculpas ao goleiro Sidão, do Vasco, após influenciar a votação popular para que o atleta ganhasse o prêmio "Craque do Jogo", entregue pela Globo ao melhor jogador em campo nas partidas do Campeonato Brasileiro.

Em um comunicado oficial, o canal disse que não houve intenção de desrespeitar o profissional, que falhou no primeiro gol da derrota vascaína para o Santos, ontem (12), no Pacaembu.

"Devido à repercussão da entrega do prêmio "Craque do Jogo" ao goleiro Sidão na noite de ontem, após a partida Santos e Vasco, o Desimpedidos esclarece que não teve a intenção de desrespeitar o atleta", afirmou o canal na nota. "A prática de influenciar pesquisas e enquetes abertas à votação popular é comum no canal (e em outras páginas), tanto que rendeu o prêmio Puskas ao Wendell Lira, em 2016, e o prêmio Laureus à Chapecoense, em 2018."

O "Desimpedidos" também disse que a brincadeira "perdeu a graça" e pediu desculpas ao goleiro e a todos que se sentiram ofendidos.

"Ao incentivar os seguidores a participarem desse movimento, que começou no Twitter e culminou em um momento constrangedor para a repórter e para o goleiro, a brincadeira perdeu a graça", afirmou o canal. "Pedimos desculpas ao Sidão, jogadores, profissionais e torcedores que se sentiram ofendidos."

Leia também

Tudo começou quando o perfil do "Desimpedidos" no Twitter postou um pedido para que os torcedores votassem em Sidão como "Craque do Jogo". Diante das manifestações negativas após o goleiro passar por um constrangimento ao receber o troféu, a postagem foi apagada.

Desde então, o canal tem sido alvo de críticas por parte dos internautas. Muitos acusam o "Desimpedidos" de expor o goleiro vascaíno. Uma nota oficial foi divulgada apenas na tarde de hoje (13), após uma reunião entre os responsáveis pelo conteúdo.

Mais Vasco