Topo

"Ninguém tem medo de bandido", diz Felipão após ataque a time do Palmeiras

Felipão evitou falar sobre ataques ao ônibus do Palmeiras antes de a bola rolar - Alan Morici/Agif
Felipão evitou falar sobre ataques ao ônibus do Palmeiras antes de a bola rolar Imagem: Alan Morici/Agif

Danilo Lavieri e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

11/04/2019 00h31

Luiz Felipe Scolari quis falar pouco da violência sofrida pela delegação do Palmeiras horas antes do jogo contra o Junior Barranquilla na última quarta-feira. O treinador afirmou que pretende não dar cartaz a pessoas que ele chamou de bandido

Antes de a bola rolar por mais um jogo da Libertadores, pessoas que estavam no ônibus palmeirense se assustaram. Alguns chegaram até a chorar. Felipão negou.

"Tu me viu (sic) com cara de assustado? Eu não tenho medo de bandido, ninguém tem. Eu tenho respeito pelo torcedor e trabalho pelo nosso torcedor. Não estávamos assustados. Os jogadores enfrentaram isso com naturalidade. Não vamos dar visibilidade a quem não merece", afirmou.

"Eu tenho que agradecer a torcida, a verdadeira torcida do Palmeiras. Eu, Bruno e jogadores devemos agradecer e bater palma a eles. Só isso. Não tenho o que comentar. Não vamos dar visibilidade a quem não merece. É por isso que eles fazem. É estranho, não estranho... Fomos, dentro de campo. Se dedicaram, fizeram com que essa vitória que era difícil. Embora eles tenham zero pontos, o time jogou bem organizado, bem diferente. É o trabalho deles, é o nosso trabalho. Se algumas pessoas não entendem... Não adianta. Vamos desarmar as coisas. O Brasil está em pé de guerra em todos os lados", completou.

O Palmeiras emitiu nota oficial adotando tom parecido e disse que os que violentaram a delegação não representam a verdadeira torcida da equipe. Mais cedo, as paredes do Allianz Parque foram pichadas e um dos alvos foi a dona da Crefisa, Leila Pereira.

Por conta disso, os jogadores do Alviverde também resolveram deixar o estádio sem conceder entrevistas no gramado e também na zona mista. Por conta disso, a agremiação deve ser multada.